Mercado FinanceiroNotícias

Gasolina está barata e etanol está caro, diz Ticket Log

Gasolina apresentou queda pelo quinto mês consecutivo e atingiu a média de R$ 5,27; já o preço do etanol teve 0,61% de aumento, e pode ser encontrado nos postos do País a R$ 4,31

De acordo com o Índice de Preços Ticket Log (IPTL), após baixar pelo quinto mês consecutivo, o valor médio da gasolina está mais vantajoso para as viagens de fim de ano do brasileiro. Em comparação com o mês de novembro, o combustível está 1,06% mais barato, sendo encontrado nos postos a R$ 5,27.

Desde a primeira redução, no mês de julho, quando a média era de R$ 6,50, a queda já alcançou 19%. Já o etanol apresentou alta em dezembro, encerrando o período com o preço médio de R$ 4,31, um incremento de 0,61% ante o mês anterior.

“Ainda que o etanol esteja 22% mais barato que a gasolina, quando analisamos o custo por quilômetro rodado, este último segue sendo mais vantajoso em todos os Estados do Brasil, com exceção do Mato Grosso, onde o etanol custa R$ 0,45 por quilômetro, enquanto a gasolina sai por R$ 0,47, considerando desempenhos médios de 8,5 km/L para etanol e 11,5 km/L para gasolina”, comenta Douglas Pina, Diretor-Geral de Mobilidade da Edenred Brasil.

Artigos relacionados

Na análise por Região, o Norte se destacou com as médias mais altas para os dois combustíveis. Apesar do recuo de 0,47%, a gasolina foi encontrada a R$ 5,45 nos postos locais, enquanto o preço médio registrado para o etanol foi de R$ 4,61, após redução de 0,30% em comparação a novembro.

O Sudeste é a região com a gasolina mais barata do País, a R$ 5,10, após queda de 0,31% no último mês. Já o etanol mais em conta foi registrado no Centro-Oeste. Apesar da alta de 0,84%, o valor médio na Região para o combustível é de R$ 3,97.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

gasolina

No recorte por Estados, Roraima foi o que apresentou os maiores valores do Brasil para os dois combustíveis. O etanol, com média de R$ 5,15, teve redução de 3,56% no último mês; já a gasolina aumentou 0,19% no estado e é encontrada a um preço médio de R$ 5,89.

Entre os combustíveis mais baratos do País estão a gasolina encontrada no Amazonas, a R$ 4,85, após a redução de 4,26%; e o etanol da Paraíba, que apesar do aumento de 4,05%, registrou média de R$ 3,77.

Ao comparar as variações de alta e baixa por Estado, o IPTL destaca a Paraíba com o maior aumento para o etanol. O combustível teve acréscimo de 4.05% no estado, passando de R$ 3,62 para R$ 3,77. Já para a gasolina, o maior incremento (+ 3.04%) aconteceu no Amapá, com médias passando de R$ 5,17 para R$ 5,32.

Em se tratando de redução, a registrada em Roraima, de 3,56%, foi a menor do Brasil para o etanol, enquanto para a gasolina a maior queda, de 6,06%, aconteceu na Bahia, onde o combustível passou de R$ 5,67 para R$5,33.

“De acordo com o último levantamento da Ticket Log, apesar de ter a média de preço mais vantajosa em apenas um estado, por ser produzido a partir da cana-de-açúcar ou milho, o etanol é capaz de reduzir consideravelmente as emissões de gases responsáveis pelas mudanças climáticas e, por esse motivo, é considerado ecologicamente mais viável ecologicamente para o abastecimento”, reforça Pina.

AGRONEWS® – Informação para quem produz

Artigos relacionados

Escreva um comentário

Botão Voltar ao topo