IPPA: em setembro cai, após 3 meses estável

Depois de permanecer praticamente estável em junho, julho e agosto, o IPPA/CEPEA (Índice de Preços ao Produtor de Grupos de Produtos Agropecuários) recuou 1,7% em setembro, em termos nominais

Esse movimento foi resultado das quedas observadas para o IPPA da Pecuária, Cana-Café e Grãos, sendo de, respectivamente, 5,4%, 1,4% e 0,2%. O Hortifrúti, por sua vez, apresentou forte alta, de 11,2%. No caso do Pecuária, a retração se deve às desvalorizações do leite, do suíno vivo, do boi gordo e do frango vivo.

Chamou a atenção a baixa de 14,6% no preço nominal do leite no campo, após consecutivas altas registradas desde fevereiro deste ano. Essa variação, conforme aponta a equipe Leite/Cepea, está atrelada à diminuição do consumo de laticínios no varejo e atacado, como reação dos consumidores frente aos altos patamares de preços.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

O desempenho do IPPA/Cana-Café, por sua vez, reflete as retrações observadas nos valores nominais de ambos os produtos, que se repetiram pelo terceiro mês consecutivo. No caso do IPPA/Grãos, destacou-se a queda de 12,5% dos preços nominais do trigo em grão, devido à expectativa de safra recorde para a temporada 2022/23. Também foram observadas desvalorizações para o algodão em pluma, arroz e soja.

Já o IPPA/Hortifrúti foi impulsionado pelo desempenho dos preços da banana, da uva e da batata. A variação observada para a banana, que se destacou entre as três, se deve à menor oferta nas principais praças fornecedoras.

Na mesma comparação, o IPA-OG-DI Produtos Industriais, calculado e divulgado pela FGV, caiu 1,9% – logo, de agosto para setembro, os preços agropecuários subiram frente aos industriais da economia.

Fonte: Cepea

AGRONEWS® é informação para quem produz

Siga o Agronews® nas redes sociais

Facebook AgronewsInstagram AgronewsTelegram AgronewsYoutube AgronewsWhatsapp Agronews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *