NotíciasPrevisão do tempo

Mato Grosso do Sul tem previsão de fortes chuvas para esta semana

Mais chuva forte para estado de Mato Grosso do Sul

Mais chuva forte para estado de Mato Grosso do Sul

O estado de Mato Grosso do Sul vem recebendo grandes volumes de chuva desde o início desta semana. Somente no começo da madrugada desta quarta-feira, 20 de Janeiro, a região de Miranda acumulou cerca de 45 mm em apenas 2 horas. Na região de Aral Moreira, choveu 91mm no período entre 13 horas do dia 19 e 1 hora da madrugada do dia 20 de Janeiro, no horário local. Em Itaporã choveu 98,4 mm entre os dias 17 e 18 de janeiro, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia. No mesmo período, a região de Caarapó registrou 65,6 mm.

Mais chuva forte para MS

Áreas de instabilidade continuam ativas sobre o Mato Grosso do Sul provocando mais chuva forte nas próximas 48 horas. Até a quinta-feira, 21 de Janeiro, todo estado continua com muita nebulosidade e as pancadas de chuva acontecem a qualquer hora. Há risco de chuva forte em todas as regiões de Mato Grosso do Sul.

Nuvens carregas ainda se formam sobre MS

A partir da sexta-feira, essas áreas de instabilidade tendem a enfraquecer. Isso vai permitir maiores períodos com sol sobre estado de Mato Grosso do Sul, mas as pancadas de chuva ainda vão acontecer especialmente à tarde e à noite.

Campo Grande tem Janeiro mais chuvoso desde 2016

As áreas de instabilidade que tem estado sobre o estado de Mato Grosso do Sul estão provocando chuva frequente, e por vezes fortes, também em Campo Grande . Apenas com a chuva acumulada até 22 horas do dia 19 de Janeiro, Campo Grande já superou a média Clima tológica para o mês e está tendo o Janeiro mais chuvoso desde 2016.

Siga-nos no Facebook – Instagram – Youtube

Pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia, Campo Grande acumulou 271 mm entre 1 de Janeiro até 22 horas do dia 19. A média de chuva para Janeiro é de 225 mm, aproximadamente. Esse está sendo o Janeiro mais chuvoso desde 2016, quando Campo Grande recebeu 371,2 mm em 31 dias.

Por Climatempo

AGRONEWS – Informação para quem produz

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados