Mercado da soja 07 de novembro 2022

Bloqueios e cenário internacional limitam liquidez da soja no Brasil, de acordo com Cepea

As negociações do complexo soja estiveram lentas no mercado interno ao longo da última semana, devido aos bloqueios em rodovias brasileiras, ao aumento da taxa de juros nos Estados Unidos e às incertezas quanto ao escoamento de grãos pelo Mar Negro.

Apesar disso, pesquisadores do Cepea indicam que a demanda externa pelo produto brasileiro segue firme. Problemas logísticos nos Estados Unidos, em decorrência do baixo nível do Rio Mississipi, levaram demandantes internacionais ao Brasil.

De acordo com a análise da semana anterior, “O preço do óleo de soja voltou a subir no mercado brasileiro, impulsionado pelo reaquecimento da demanda doméstica, sobretudo para produção de biodiesel. Além disso, a demanda externa está aquecida – vale lembrar que as exportações do óleo na parcial deste ano são recordes. Esse cenário elevou a disputa pelo derivado nacional e dificultou as aquisições das indústrias alimentícias.”

Assim, segundo dados da Secex, o Brasil enviou à China 3,23 milhões de toneladas de soja em outubro, volume 25% acima do escoado em setembro e 22,7% superior ao do mesmo período de 2021. A todos os destinos, o Brasil embarcou em outubro 4,06 milhões de toneladas de soja, 23,41% a mais que em outubro/21.

Confira a análise da semana anterior do Imea, clique aqui.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Confira o gráfico do indicador abaixo:

soja

Por Daniele Balieiro/AGRONEWS® com informações do Cepea

AGRONEWS® é informação para quem produz

Siga o Agronews® nas redes sociais

Facebook AgronewsInstagram AgronewsTelegram AgronewsYoutube AgronewsWhatsapp Agronews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *