Mercado do café 16 de março

No mercado do café, quebra da produção e valores internos mais atrativos limitam embarques

As exportações da atual temporada vêm sendo limitadas pela combinação dos seguintes fatores: preços internos mais atrativos que os externos e pela quebra na produção nacional da safra 2022/23, prejudicada pelo clima desfavorável (geada e chuvas).

Segundo dados do Cecafé (Conselho dos Exportadores de Café do Brasil), na parcial da safra 2022/23 (de julho/22 a fevereiro/23), os embarques somam 24,6 milhões de sacas, queda de 7,8% frente aos 26,7 milhões de sacas do mesmo período de 2021/22. As vendas do grão remanescente no mercado spot nacional também estão lentas.

Agentes consultados pelo Cepea indicam que produtores visam negociar apenas em momentos de alta nas cotações e em períodos de intensa necessidade de caixa.

café

De acordo com análise da semana anterior, “As cotações domésticas do café arábica oscilaram ao longo da última semana, mas as baixas predominaram. Segundo dados do Cepea, os valores foram influenciados por movimentos externos e pela retração de agentes do spot nacional”.

Veja a tabela indicativa abaixo:

café

Por Daniele Balieiro com informações do Cepea

AGRONEWS® é informação para quem produz

Siga o Agronews® nas redes sociais

Facebook AgronewsInstagram AgronewsTelegram AgronewsYoutube AgronewsWhatsapp Agronews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *