Mercado do trigo 29 de novembro 2022

Colheita de trigo avança, movimento do preço diverge entre regiões

A colheita de trigo no Brasil continua avançando e já ultrapassa os 70% da área destinada ao cereal, com destaque para o Paraná, um dos principais estados produtores, e onde os trabalhos de campo estão na reta final.

Pesquisadores do Cepea ressaltam, contudo, que as divergências entre a qualidade do cereal dos estados do Sul disponibilizados no spot vêm resultando em queda nos valores ao produtor e em alta no mercado atacadista.

De acordo com a análise da semana anterior, “O acordo de exportação de grãos pelo Mar Negro foi renovado entre Rússia e Ucrânia para os próximos 120 dias. Assim, apesar da guerra na região, a Ucrânia continuará a escoar internacionalmente o trigo e outros produtos agrícolas. Esse cenário pressionou os valores externos do cereal. Apesar disso, agentes brasileiros consultados estão atentos e preocupados com o contexto na Argentina, maior fornecedora de trigo ao Brasil”.

No geral, a liquidez está maior no Rio Grande do Sul, que vem ofertando produto de melhor qualidade nesta temporada. Colaboradores do Cepea também informaram que está chegando trigo do Paraguai no Paraná.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Veja tabela indicadora abaixo:

trigo

Por Daniele Balieiro com informação do Cepea

AGRONEWS® é informação para quem produz

]]>

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *