Mercado Financeiro

Milho: alta de 60,3% em relação a igual período de 2019

milho-2-1-1

O preço do milho atingiu os maiores valores nominais no mercado interno

O câmbio valorizado, as incertezas com relação ao clima e as expectativas de estoques menores nesta temporada (2019/2020) têm dado sustentação às cotações do cereal, mesmo diante das incertezas geradas pela pandemia de coronavírus.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, a saca (60kg) foi negociada em R$61,00 na região de Campinas-SP, sem o frete (2/4).

Siga-nos no facebook e instagram

Em relação ao mesmo período do ano passado, o milho está custando 60,3% mais este ano.

Para o curto e médio prazos, o câmbio, as incertezas climáticas e os estoques internos baixos são fatores de sustentação das cotações, em reais. Entretanto, é importante o monitoramento dos reflexos da pandemia sobre a demanda por milho no mercado brasileiro, pois em caso de queda no consumo, os preços poderão recuar.

AGRONEWS BRASIL – Informação para quem produz

Leia também: https://agronewsbrasil.com.br/especialista-esclarece-todos-os-detalhes-do-artigo-486-da-clt-citado-por-bolsonaro/

Fonte: Scot Consultoria

Artigos relacionados
GeralNotícias

Zoneamento de risco climático para 1ª safra do milho está disponível

GeralNotícias

Rally da Safra avaliará lavouras de milho 2ª safra no Sudeste do MT e Sudoeste de GO

Mercado FinanceiroNotícias

Milho: bolsa de Chicago teve leve recuo, confira!

Diárias de MercadoNotícias

Milho: agentes voltam a ficar otimistas com 2ª safra

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.