Mercado FinanceiroNotícias

Milho: cotações na Bolsa de Chicago seguem em queda

milho

Na primeira semana de junho, as cotações do milho na bolsa de Chicago (contrato corrente) exibiram queda, encerrando o período com uma média de US$ 7,43/bu

Assim, o cenário na CME Group responde à pressão de maior oferta do milho no mercado com o avanço da colheita na América do Sul. Outro fator baixista foi a expectativa do governo russo em permitir o escoamento de grãos ucranianos pelos portos do país via Mar Negro na última semana, que agitou o mercado com a possibilidade de maior oferta do cereal.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Desse modo, com as quedas nas cotações da bolsa norte-americana e o avanço da colheita em Mato Grosso, que se encontra em 5,98% (03/06) na área estimada, o preço do milho disponível no estado terminou a última semana com recuo de 4,11%, ficando cotado a uma média de R$ 66,91/sc. Assim, com o movimento de queda na bolsa de Chicago e a entrada de oferta de milho no mercado mato-grossense, os preços no estado podem continuar sendo pressionados no disponível.

Por Imea

AGRONEWS® é informação para quem produz

Artigos relacionados
Mercado FinanceiroNotícias

Soja: Chicago desvaloriza, confira

Mercado FinanceiroNotícias

Milho: colheita segue em bom ritmo em Mato Grosso em 2022

Mercado Financeiro

Centro-Oeste fecha etanol por R$ 5,48 sendo menor média do País, diz Ticket Log

Diárias de Mercado

Milho: colheita avança e preços voltam a cair

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.