Milho: exportação segue favorecida

Com ampla produção e demanda externa aquecida do milho, o cenário vem favorecendo as exportações mato-grossenses para a safra 2021/22

Por Daniele Balieiro/ AGRONEWS® com informações do Imea

As exportações de Mato Groso segundo a Secex, exibiram um volume de 4,19 milhões de toneladas somente em agosto, incremento de 24,02% se comparado com o mesmo período da safra passada. O movimento de alta foi ligado ao aumento da produção do milho no estado para a safra
2021/22 (43,84 milhões de toneladas) e demanda externa aquecida.

Com o aumento dos embarques e a valorização do preço médio exportado, que nesse período ficou 56,28% acima da média das últimas cinco safras (US$265,71 /toneladas), outro fator de destaque foi a receita gerada pelos embarques, de 1,12 bilhão de dólares no mesmo período.

Assim, diante do cenário favorável para as exportações do cereal, o Imea espera que Mato Grosso envie para outros países 23,89 milhões de toneladas no acumulado da safra 2021/22, ampliação de 44,49% frente a safra passada.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Mercado Financeiro

  • Milho em alta: apresentou uma leve alta de 1,06%, devido à expectativa do mercado quanto ao relatório de oferta e demanda global divulgados pelo USDA;
  • B3 em queda: apesar da leve recuperação nos preços após o feriado nacional, o mercado fechou com queda de 1,24% e ficou cotado a R$ 84,26/sc;
  • Dólar em alta: o dólar apresentou alta semanal de 1,25% devido a aversão ao risco por parte dos investidores que buscam EUA como um mercado mais seguro para os seus ativos.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.