Milho: maior demanda eleva preços no mercado brasileiro

Os preços do milho subiram nos últimos dias na maior parte das regiões acompanhadas pelo Cepea, impulsionados pela maior demanda interna, pelo dólar elevado, pelo ritmo intenso das exportações e também pela retração vendedora

As maiores altas foram observadas nas praças consumidoras, como São Paulo e Santa Catarina. De 23 a 30 de agosto, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (região de Campinas – SP) avançou ligeiro 0,27%, fechando a R$ 36,72/saca de 60 kg na sexta-feira, 30 – no acumulado de agosto, a alta foi de 1,7%.

Fonte: Cepea

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.