fbpx
conecte-se conosco

Diárias de Mercado

Milho: preços seguem em alta neste ano de 2021

Publicado

em

milho

Preços do milho retomaram a firmeza no início do ano

Os preços do milho subiram nos primeiros dias de 2021.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, na região de Campinas-SP, houve alta de 7,7% no acumulado de janeiro deste ano (5/1).

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

A referência está em R$84,00 por saca de 60 quilos, sem o frete (4/1).

Os principais fatores de sustentação são a demanda interna retomando, o dólar reagindo frente ao real e a oferta interna restrita neste momento. A colheita da safra de verão (2020/21) deverá ganhar força em meados de fevereiro próximo.

Para o curto prazo, a baixa disponibilidade interna e a demanda firme pelo cereal deverão manter a sustentação dos preços no mercado brasileiro e altas não estão descartadas.

Por Scot Consultoria

AGRONEWS BRASIL – Informação para quem produz

Leia também:  Ovos: cotação volta ao mesmo valor de abertura do mês

Diárias de Mercado

Arroz: no RS, demanda enfraquecida pressiona cotações

Publicado

em

arroz

Os preços do arroz em casca recuaram no Rio Grande do Sul nos últimos dias

Segundo colaboradores do Cepea, apesar da postura firme dos vendedores, que têm expectativa de melhora nas negociações nas próximas semanas, compradores não demonstraram interesse em adquirir o produto nos atuais patamares de preços, fundamentados na possível maior oferta da safra 2020/21 e na consequente desvalorização do cereal.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Assim, entre 4 e 11 de maio, o Indicador ESALQ/SENAR-RS, 58% grãos inteiros (média ponderada e pagamento à vista), recuou 2,1%, para a média de R$ 84,59/sc de 50 kg nessa terça-feira, 11.

Fonte: Cepea

AGRONEWS – Informação para quem produz

Leia também:  Com ou sem chuva no final do mês de maio, safras terão quebras
Continue lendo

Diárias de Mercado

Boi gordo: recuo na cotação do boi em São Paulo

Publicado

em

arroba do boi

Com as escalas relativamente melhores, parte dos frigoríficos abriram a terça-feira ofertando menos e, consequentemente, travando as negociações.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Negócios em R$306,00/@, preço bruto e a prazo, no boi gordo para o mercado interno se concretizaram, um recuo de R$1,00/@ na comparação feita dia a dia. As cotações das fêmeas ficaram estáveis.

Bovinos jovens, com até 4 dentes, apresentaram um ágio de até R$9,00/@.

Por Scot Consultoria

AGRONEWS – Informação para quem produz

Leia também:  Boi gordo: recuo na cotação do boi em São Paulo
Continue lendo

Diárias de Mercado

Algodão: indicador se estabiliza

Publicado

em

algodão

Os preços do algodão em pluma estão praticamente estáveis no mercado interno

De acordo com pesquisadores do Cepea, a liquidez está baixa, tendo em vista que está acirrada a “queda de braço” entre compradores e vendedores. Enquanto agentes de indústrias ofertam preços menores na aquisição de novos lotes, muitos vendedores se mostram resistentes.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Neste caso, pontualmente, vendedores estiveram mais flexíveis, acompanhando os momentos de recuos nos preços externos e o enfraquecimento do dólar frente ao Real. No acumulado do mês (até o dia 11), o Indicador CEPEA/ESALQ do algodão em pluma, 8 dias para pagamento, recuou ligeiro 0,4%, fechando a R$ 5,149/lp nessa terça-feira, 11.

Fonte: Cepea

AGRONEWS – Informação para quem produz

Leia também:  Vejamos o que provocou o repique da inflação no ano de 2020
Continue lendo


Tendências