Movimento Compre do Pequeno reúne mais de 3,6 mil empresas do meio rural

Mais de 3,6 mil empresários ligados diretamente ao meio rural se cadastraram para participar do Movimento Compre do Pequeno Negócio, iniciativa do Sebrae para estimular a demanda por produtos e serviços de empresas de menor porte. O número se refere a agricultores e donos de estabelecimentos como comércio de carnes, peixes, frutas e hortaliças.

Foram registradas inscrições em todos os estados brasileiros. Os que tiveram maior número de pequenos negócios rurais cadastrados foram Pernambuco (481), Piauí (368) e Minas Gerais (266). Do total, pouco mais de 1,9 mil são agricultores. A maior parte deles no estado de Pernambuco (431). Depois aparecem os estados do Piauí (299), Sergipe (127) e Mato Grosso do Sul (118).

organicosO Movimento realizou ações de capacitação e de negócios direcionadas ao meio rural, incentivando, principalmente, as vendas diretas ao consumidor. As iniciativas foram realizadas em pelo menos 193 municípios, que têm a produção agropecuária como grande força econômica, com participação significativa dos pequenos produtores.

Uma delas foi o chamado Mercado do Produtor Rural, em que os agricultores apresentavam seus produtos diretamente aos visitantes. Em Brasília (DF), por exemplo, os três dias do evento renderam um faturamento superior a R$ 42 mil com itens como frutas, hortaliças e temperos.

“Foi bem acima das nossas expectativas”, disse o gerente da Unidade de Agronegócios do Sebrae no Distrito Federal, Roberto Faria, ao fazer um balanço do evento, nesta semana. A expectativa é de que o mercado do produtor rural continue na capital federal, organizado pelos próprios participantes.

Permanente
Em todos os setores da economia atendidos pelo movimento, o Sebrae registrou a inclusão de quase 190 mil micro e pequenas empresas, além de microempreendedores individuais (MEI). A maior parte no estado de São Paulo (31,6 mil). Todas essas empresas atenderam a 56,2 milhões de consumidores apenas na última segunda-feira (5/10), o chamado Dia D do Compre do Pequeno Negócio.

Comemorando os resultados positivos da iniciativa, o Sebrae pretende torná-la permanente. Os números justificam a intenção. Segundo o Sebrae, são mais de 10 milhões de micro e pequenas empresas com faturamento anual de até R$ 3,6 milhões. O segmento responde por 27% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil e por 52% dos empregos formais. No meio rural, são cerca de 15 mil produtores atendidos nos 27 estados do Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.