Mercado Financeiro

No 1º trimestre do ano, Região Sul gerou quase 80% da receita cambial da carne de frango

No primeiro trimestre de 2021, três das cinco Regiões geopolíticas do País registraram aumento na receita cambial da carne de frango: Centro-Oeste, Nordeste e Norte. Ou seja: Sudeste e Sul permaneceram com resultados negativos. Mesmo assim, o Sul continuou respondendo por quase 80% da receita cambial gerada pelo produto no trimestre.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Porém, se considerado que a maior parte das exportações da Região Centro-Oeste é efetuada por empresas sediadas no Sul do País, tal participação sobe para mais de 90% e até o resultado do trimestre se torna positivo, com incremento de 0,2%.

Mas, voltando à Região Sul, a queda de receita do período foi determinada por Paraná (-7%) e Santa Catarina (quase 14% a menos), pois o Rio Grande do Sul – a despeito de um retrocesso de 2,5% no volume embarcado – registrou aumento de 2% na receita cambial, resultado que denota melhora nos preços praticados.

https://agronews.tv.br/seca-afeta-maioria-das-lavouras-de-milho-safrinha/

No trimestre, outras seis Unidades Federativas continuaram apresentando queda na receita cambial. Mas embora outras Unidades Federativas tenham registrado índices de recuo mais elevados, a perda mais significativa foi a de São Paulo, cuja receita no período ficou cerca de 30% abaixo da obtida no mesmo trimestre de 2020.

carne de frango

Por Avisite

AGRONEWS – Informação para quem produz

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados