Novos projetos aprovados para FCO Rural preveem criação de 157 empregos diretos em Goiás

Mais de 65% dos recursos do FCO Rural são direcionados a estabelecimentos rurais de pequeno e pequeno-médio portes

O setor rural goiano teve 101 cartas-consulta aprovadas pela Câmara Deliberativa do Conselho de Desenvolvimento do Estado para captação de recursos junto ao Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO). Os projetos contemplados previram R$ 113,5 milhões em empréstimos do FCO Rural, com estimativa de criação de 157 empregos diretos em 47 municípios goianos.

A 377ª Reunião da Câmara Deliberativa do Conselho de Desenvolvimento do Estado foi realizada na última quinta-feira (2/6). Do total de recursos autorizados, 31,3% foram destinados a estabelecimentos de pequeno porte; 34,2%, para estabelecimentos de pequeno-médio porte; 32,1%, para estabelecimentos de médio porte; e 2,3%, para estabelecimentos de médio-grande porte.

O tíquete médio por projeto é de R$ 1,1 milhão. Entre outros itens, os proponentes podem aplicar os recursos em máquinas e implementos, matrizes, correção de solo, benfeitorias, pastagens e reprodutores. “O FCO Rural é fundamental porque permite o investimento em tecnologia e consequentemente o aumento de produção e produtividade no campo. Isso movimenta a economia, gera emprego e renda, que nossa principal necessidade neste momento”, ressalta o secretário estadual de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tiago Mendonça.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Além dos R$ 113,5 milhões em empréstimos do FCO Rural, os 101 projetos aprovados previram contrapartidas de R$ 29,0 milhões com recursos dos proponentes, totalizando R$ 142,5 milhões em investimentos para empreendimentos agropecuários em Goiás.

Com esta nova leva, o número de cartas-consulta deferidas em 2022 sobe para 566, somando R$ 607,7 milhões em empréstimos autorizados junto ao FCO Rural. A estimativa é criar 1.163 empregos diretos em 120 municípios goianos.

Por Seapa Goiás

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *