Produção de bovinos diminuiu no Brasil neste 3º trimestre, de acordo com IBGE

O IBGE divulgou os dados do 3º trim/21 referentes à pesquisa trimestral de abate e produção de bovinos em nível nacional, confira um pouco mais a seguir:

Por Daniele Balieiro – AGRONEWS® – com informações do IMEA

No comparativo com o 2º trim/21, o volume de animais abatidos reduziu 1,85% no Brasil, mas aumentou 2,30% em Mato Grosso, enquanto a produção subiu 0,97% e 6,42%, respectivamente.

Com relação ao rendimento médio da carcaça de bovinos, houve um acréscimo de 2,94% no Brasil, e de 4,29% no estado mato-grossense. Isso porque, neste período da seca, a maior oferta foi de animais confinados, os quais apresentam maior ganho de peso ao serem ofertados para o frigorífico. Com isso, os indicadores ficaram na média de 18,[email protected] e 19,[email protected], na mesma ordem.

Já no comparativo anual do acumulado de janeiro a setembro de 2020 ante a 2021, o abate e produção reduziram 4,41% e 12,30% em MT, respectivamente, em reflexo da menor oferta de animais.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Mercado Financeiro

De volta ao vermelho: os frigoríficos diminuíram as compras devido à quantidade de carne estocada e, diante disso, a arroba foi pressionada em 1,49% no comparativo semanal.

Preços sob pressão: com a dificuldade no escoamento da carne no mercado interno, os preços foram pressionados e a vaca gorda ficou cotada a R$ 282,34/@.

Queda: a pressão na @ e a maior procura do bezerro de ano no mercado de reposição pressionaram a relação de troca boi-bezerro em 3,50% ante a semana passada.

AGRONEWS® – Informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.