Notícias

Produtores de leite rechaçam dados divulgados pela CONAB

Produtores de leite de diversas localidades do Brasil rechaçaram a divulgação dos dados relacionados a conjuntura mensal (março/abril) dos produtos publicada na última terça-feira (20), pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e vieram a público dar a sua opinião sobre a realidade do setor, acompanhe.

Como divulgado e segundo avaliação da entidade, os produtores de leite têm conseguido manter a remuneração, mesmo com a queda dos preços praticados no mercado no último mês. Ela ainda esclarece que apesar da redução percebida em março quando comparado com fevereiro, os valores continuam em patamares elevados garantindo a rentabilidade. Isso gerou uma revolta no setor lácteo e os produtores de leite se manifestaram comentando o material que foi replicado aqui no AGRONEWS, bem com em outras plataformas digitais.

Produtores de leite rechaçam dados divulgados pela CONAB
Release recebido em nossa redação e replicado no site.

Opinião dos produtores de leite

Em um dos comentários, o Sr. CARLOS ROBERTO FERREIRA foi enfático, “Essa reportagem não condiz com nossa realidade. Vc ou seus técnicos precisa tirar a bunda da cadeira, sair do ar condicionado e de traz do computador e entrar porteira a dentro para colher informações verídicas da situação do produtor de leite brasileiro. Reportagem como essa só leva informações inconsistente aos nossos consumidores e sabemos que o preço pago por eles nos produtores não interferindo em nada, pois entre o produtor de leite e o consumidor existe o lucro das indústrias e também do varejo.“, lamenta o produtor.

Outra mensagem recebida foi da produtora CIRLANE SILVA FERREIRA, que relata as dificuldades encontradas pela classe e aproveita para fazer um desabafo. “A produção leiteira brasileira foi afetada ao longo do ano pelas condições climáticas e aumento dos custos de produção, puxados principalmente pelas altas nos custos dos alimentos, como milho e soja. Está rentabilidade que a reportagem mensiona, não é observada no campo. Rentabilidade significa grau de êxito econômico de uma empresa em relação ao capital nela aplicado. E na atualidade, estamos pagando para produzir leite. Produzir leite no computador é muito diferente da rotina diária de uma fazenda leiteira.“, ironiza CIRLANE.

Vejam abaixo alguns dos outros comentários recebidos em nosso portal:

Produtores de leite rechaçam dados divulgados pela CONAB
Produtores de leite rechaçam dados divulgados pela CONAB
Produtores de leite rechaçam dados divulgados pela CONAB
Produtores de leite rechaçam dados divulgados pela CONAB
Produtores de leite rechaçam dados divulgados pela CONAB
Produtores de leite rechaçam dados divulgados pela CONAB
Produtores de leite rechaçam dados divulgados pela CONAB
Produtores de leite rechaçam dados divulgados pela CONAB
Produtores de leite rechaçam dados divulgados pela CONAB
Produtores de leite rechaçam dados divulgados pela CONAB
Produtores de leite rechaçam dados divulgados pela CONAB
Produtores de leite rechaçam dados divulgados pela CONAB
Produtores de leite rechaçam dados divulgados pela CONAB
Produtores de leite rechaçam dados divulgados pela CONAB

Estes são apenas alguns dos comentários recebidos, o restante você pode conferir na matéria principal publicada. (Preço do leite mantém em alta e garante rentabilidade ao produtor, segundo CONAB – AGRONEWS)

preço do leite
Produtores de leite rechaçam dados divulgados pela CONAB

Clique aqui para baixar a análise completa de março/abril 2021

Nossa equipe encaminhou os depoimentos à CONAB para que a entidade possa se manifestar e dar um feedback aos produtores de leite.

Por: Vicente Delgado – AGRONEWS

Mostrar mais

2 Comentários

  1. A CONAB deveria ao menos consultar a Agronews antes de fazer suas publicações, já que quem coleta os dados não se dá ao trabalho de sair a campo para verificar a realidade e também não tem o trabalho de pegar o telefone, ligar para os produtores e perguntar como é a realidade do produtor.
    Eu já vi outros erros grosseiros nas publicações da CONAB, que deveria ser uma fonte de dados confiáveis, tanto para quem produz quanto para quem consome e investe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados