Que será isso? criaturas com aparência pré-histórica surgem nos EUA

Surgiram nos EUA, centenas de criaturas com aparência pré-históricas semelhante a um caranguejo, ou um escorpião ou seria uma arraia? Essa é a pergunta que não quer calar, leia a matéria e entenda.

Estranhas criaturas com aparência pré-histórica surgiram em um lago dos EUA. Como se não bastasse surgir uma nova criatura, um verdadeiro “enxame” de triops apareceu em um lago dos EUA. O animal com aparência pré-histórica surpreendeu turistas e cientistas.

Na manhã da última terça-feira (11), turistas e cientistas foram surpreendidos por uma centena de criaturas estranhas com aparência pré-histórica, mas também semelhante a um caranguejo, ou um escorpião ou seria uma arraia? É a pergunta que não quer calar.

Os animais surgiram no norte do Arizona (EUA) depois do registro de uma chuva torrencial e ainda não se sabe a origem de fato das novas criaturas. Eles eclodiram de minúsculos ovos e então começaram a nadar em volta de um lago temporário em meio a uma paisagem desértica. Quem revelou tudo isso foram as autoridades do Monumento Nacional Wupatki.

criaturas com aparência pré-histórica surgem nos EUA

São criaturas pequeninhas, do tamanho de um girino e levam o nome de Triops. Seus ovos têm a capacidade de ficarem adormecidos durante décadas no deserto até que aconteça uma chuva torrencial, suficiente para criar lagos e o clima adequado para o desenvolvimento dos filhotes que posteriormente colocam ovos para a próxima geração, segundo a Central Michigan University.

Mas o que seriam essas estranhas criaturas com aparência pré-histórica?

Imagina encontrar um ser tão raro e estranho que as pessoas não saibam do que se trata e nem como agir? Foi o que aconteceu. É muito raro este encontro de Triops em lagos temporários e por isso mesmo que quando os turistas detectaram as estranhas e pré-históricas criaturas, os funcionários do parque não sabiam nada sobre eles e não havia claro, um protocolo sobre o que fazer.

De imediato, as pessoas que tiveram contato com o Triops acharam que se tratava de uma população de sapos que vivem em tocas subterrâneas e ficam por lá durante o período seco e só saem para desova quando uma chuva expressiva acontece criando lagos temporários.

Ao segurarmos a criatura nas mãos percebemos que não tínhamos nem ideia do que eram as criaturas de fato, eram algo jamais visto.

O significado em grego de Triops é três olhos e esses crustáceos são até chamados de “camarão dinossauro” por conta de sua longa história evolutiva. Segundo a Central Michigan University, os primórdios dessas criaturas evoluíram no período devoniano, entre 419 e 359 milhões de anos atrás.

Abaixo você confere um vídeo desta criatura em seu habitat natural. Aperte o play!

Podemos chamá-los de fósseis vivos?

Pesquisadores relataram que os Triops não são exatamente iguais aos seus ancestrais e que por isso não podem ser considerados fósseis vivos, mas ressaltam que sua semelhança física externa é muito grande com as primeiras criaturas que existiram.

De modo geral, existem dois gêneros na família Triopsidae que são os Triops e os Lepidurus, que juntos constituem até 12 espécies.

Os que foram encontrados em Wupatki tendem a ser os Triops longicaudatus, um espécime encontrado geralmente em piscinas de água doce e de vida curta, ou seja, aquelas conhecidas como vernais encontradas em locais de toda a América. Porém, ainda serão necessárias análises científicas para confirmação da espécie.

criaturas com aparência pré-histórica surgem nos EUA

O Triops pode alcançar até quatro centímetros de comprimento após sua eclosão, e possui uma concha em forma de escudo que o deixa até parecido com o formato de uma arraia em miniatura. A criaturinha possui dois grandes olhos com a borda preta e um pequeno ocelo entre eles.

O Triops tem um tempo de vida de até 90 dias, porém, neste caso, o lago se formou depois que as chuvas duraram cerca de três a quatro semanas segundo os especialistas, e com isso, quase que se forma imediata, os pássaros que ali habitam logo perceberam a presença da nova comida e começaram a mergulhar na água para devorar as criaturas.

Triops são uma espécie rara e milenar

Triops – que em grego significa ‘três olhos’ – às vezes são chamados de “camarão dinossauro” por causa de sua longa história evolutiva. Os ancestrais desses crustáceos evoluíram durante o período devoniano (entre 419 e 359 milhões de anos atrás), e sua aparência mudou muito pouco desde então, de acordo com a Universidade Central de Michigan.

Das diferentes espécies do gênero triops, algumas têm uma origem mais recente do que outras. Mas ao analisar os dados do registro fóssil, e usando anatomia comparativa, tudo parece indicar que as diferentes espécies vêm de um evento de radiação evolutiva que ocorreu há 220 milhões de anos, durante o Triássico.

criaturas com aparência pré-histórica surgem nos EUA

Monumento Nacional Wupatki

O Monumento Nacional Wupatki é um Monumento Nacional dos Estados Unidos localizado no centro-norte do Arizona, perto de Flagstaff. Rico em sítios arqueológicos nativos americanos, o monumento é administrado pelo Serviço Nacional de Parques em conjunto com o monumento nacional do Vulcão Da Cratera Sunset. Wupatki foi estabelecido como monumento nacional em 1924 e foi listado no Registro Nacional de Lugares Históricos em 15 de outubro de 1966. A listagem incluiu três edifícios contribuintes e 29 estruturas contribuintes em 35.422 acres (14.335 ha).

Em meio ao que parece ser uma área geralmente inóspita devido à falta de alimentos e fontes de água, vários artefatos foram localizados no local de locais distantes, implicando que as pessoas que habitavam Wupatki estavam envolvidas no comércio. Durante inúmeras escavações que se estendem até a exploração do local em meados da década de 1800, itens de até o Pacífico e as costas do Golfo foram localizados no local, como muitas variedades diferentes de cerâmica e conchas.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Siga o Agronews® nas redes sociais

Facebook AgronewsInstagram AgronewsTelegram AgronewsYoutube AgronewsWhatsapp Agronews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *