Mercado Financeiro

Receita cambial das carnes aumentou mais de 20% no 1º bimestre deste ano

Dados da SECEX/ME compilados pelo Ministério da Agricultura indicam que no primeiro bimestre de 2020 as exportações das carnes bovina, suína e de frango geraram receita da ordem de US$2,650 bilhões, valor cerca de 20,5% superior ao de idêntico período de 2019

A maior contribuição para essa receita – 45% do total – vem da carne bovina que, no período, registrou embarques apenas 1,6% superiores aos do primeiro bimestre do ano passado, mas obteve preços mais de 20% superiores. Daí sua receita ter-se aproximado do US$1,2 bilhão, valor 22,6% superior ao de um ano atrás.

Siga-nos no facebook e instagram

Em termos relativos, porém, quem continua a se destacar é a carne suína: exportações um terço maiores e preços um quarto superiores. Como efeito, a receita cambial da carne suína aumentou 67%, correspondendo a quase 12% da receita cambial das três carnes.

Embora seja a primeira em volume (60% do total) e a segunda em receita (40% do total), a carne de frango teve participação menor no aumento registrado – mesmo assim, positiva. Mas ainda que o volume embarcado tenha aumentado pouco mais de 13%, o preço médio registrado recuou perto de 2%. O resultado foi uma receita pouco superior a US$1 bilhão, cerca de 11% a mais que o alcançado um ano atrás, em idêntico período.

Tabela Divulgação Aviste

AGRONEWS BRASIL – INFORMAÇÃO PARA QUEM PRODUZ

Leia também: https://agronewsbrasil.com.br/como-fazer-a-aplicacao-correta-de-medicamentos-em-bovinos/

Por Avisite

Artigos relacionados
Diárias de Mercado

Boi: poder de compra do terminador frente ao milho fica acima da média

Mercado FinanceiroNotícias

Frango: exportações da carne crescem 5,7% em março

Mercado FinanceiroNotícias

Frete marítimo: preços seguem tendência de alta, elevação supera 20%

Infomercados BRNotícias

Dólar abaixo de R$ 5 ameaça várias cadeias que dependem das exportações

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.