GeralMato GrossoNotícias

Rio Verde em MT se tornará polo de empregos na região norte do estado

Frigorífico de bovinos, indústria cerâmica e unidade multiplicadora de matrizes suínas, são os principais investimentos em andamento no município de Rio Verde de MT. Os empreendimentos privados contam com apoio do Governo do Estado e, juntos, devem gerar cerca de 400 novos empregos diretos até 2021.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Os números animadores são fruto da política estadual de diversificação da matriz econômica e o fortalecimento de cadeias produtivas a partir de incentivos dados pelo Governo do Estado, como é o caso da suinocultura. A partir de 2021, Rio Verde de MT se tornará referência em produção de genética suína, com a inauguração da granja multiplicadora de matrizes mais moderna do país.

Artigos relacionados
Rio Verde em MT se tornará polo de empregos na região norte do estado
Foto: Gilherme Pimentel

O empreendimento é da Cooasgo (Cooperativa Agropecuária de São Gabriel do Oeste) em parceria com a Agroceres e está em fase final de obras, com previsão de receber os primeiros animais em março. São 150 empregos gerados durante a construção e a partir do ano que vem serão 60 postos de trabalho diretos.

Nesta quarta-feira (14) o secretário Jaime Verruck, titular da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) esteve no município para acompanhar o andamento dos empreendimentos e anunciar o investimento do Governo do Estado no valor de R$ 3 milhões para asfaltar o acesso da BR-163 até a entrada da granja, no km 675.

Conheça mais da raça American Bully “Valentão Americano”

O secretário também esteve nas obras do frigorífico MS Boi, que prevê entrar em operação em 2021 com geração de 250 empregos diretos e capacidade para abater 110 mil cabeças ao ano. Os investimentos seguem até 2022, com a ampliação para abate de 160 mil/ano e contratação total de 430 trabalhadores.

“Há um trabalho grande do Governo do Estado para viabilizar o frigorífico, com foco na geração de emprego no município. A gente entende que a região é propícia para receber a unidade devido a expansão da pecuária no entorno. Rio Verde terá um frigorífico novo, moderno, com SIF e gerando empregos e renda”, afirma o secretário Jaime Verruck ao lembrar que com o SIF a unidade poderá vender para todo o país.

Setor tradicional no município, a indústria cerâmica também tem recebido investimentos. Na Cerâmica Campo Grande a produção será duplicada até 2021. Mesmo em ano de pandemia, a unidade investiu em tecnologia e já começa a contratação de 70 novos trabalhadores.

“Quando a gente agrega valor, aumenta a geração de ICMS e a distribuição para os municípios, passamos a gerar emprego e não podemos perder a referência da qualificação profissional, que é necessário para que a população participe dessas vagas de trabalho”, finaliza o titular da Semagro, secretário Jaime Verruck.

Por Priscilla Peres/ Semagro

AGRONEWS BRASIL – Informação para quem produz

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo