fbpx
conecte-se conosco

Diárias de Mercado

Soja: mercado do grão segue em lentidão

Publicado

em

preço da soja hoje

Mercado de soja deve seguir travado no Brasil

O mercado brasileiro de soja deve seguir travado em termos de comercialização nessa quinta. As cotações seguem regionalizadas e tendem a apresentar poucas alterações neste início de dia, acompanhando a leve alta do dólar e a volatilidade de Chicago. Os prêmios em queda contribuem para a lentidão.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Os preços recuaram nas principais praças do país na quarta, acompanhando o recuo forte do dólar, a queda de Chicago e a retração dos prêmios de exportação. Os agentes saíram das negociações, travando a comercialização.

Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos baixou de R$ 178,00 para R$ 177,00. Na região das Missões, a cotação caiu de R$ 177,00 para R$ 176,00. No porto de Rio Grande, o preço recuou de R$ 183,00 para R$ 179,00.

https://agronews.tv.br/seca-afeta-maioria-das-lavouras-de-milho-safrinha/

Em Cascavel, no Paraná, o preço passou de R$ 178,00 para R$ 172,00 a saca. No porto de Paranaguá (PR), a saca baixou de R$ 183,50 para R$ 178,50.

Em Rondonópolis (MT), a saca caiu de R$ 174,00 para R$ 173,00. Em Dourados (MS), a cotação recuou de R$ 167,00 para R$ 165,00. Em Rio Verde (GO), a saca seguiu em R$ 170,00.

Leia também:  Ovos: preço inicia abril em alta

CHICAGO

  • Os contratos com vencimento em julho operam com alta de 0,36%, cotados a US$ 15,19 1/4 por bushel;
  • A volatilidade volta a predominar, com as atenções voltadas para o relatório de vendas líquidas semanais americanas, que sai às 9h30 (horário de Brasília);
  • O mercado projeta um número entre 100 mil e 700 mil toneladas.

Por Dylan Della Pasqua/ Agência Safras

AGRONEWS – Informação para quem produz

Publicidade
Clique para comentar

Comente esta matéria

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diárias de Mercado

Frango: preços internos se elevam neste início de maio

Publicado

em

frango

Início de mês e maior competitividade elevam preços internos do frango

O período de início de mês e o fato de a carne de frango mostrar elevada competitividade frente às principais substitutas (bovina e suína) vêm favorecendo as vendas da proteína no mercado doméstico.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Diante disso, os preços da carne registram alta na maioria das regiões acompanhadas pelo Cepea. As exportações brasileiras aquecidas também ajudam a sustentar os valores internos. Segundo dados da Secex compilados pelo Cepea, em abril, o País exportou 395,8 mil toneladas de carne de frango, volume 0,1% menor que o de março, mas 15,3% acima do de abril do ano passado.

Fonte: Cepea

AGRONEWS – Informação para quem produz

Leia também:  Açúcar: baixa oferta elevam preços do cristal
Continue lendo

Diárias de Mercado

Citros: preços da lima ácida tahiti recuam com força

Publicado

em

preço citros

Após registrarem recordes nominais em fevereiro e março deste ano, as cotações da lima ácida tahiti recuaram mais de 30% em abril. Segundo pesquisadores do Cepea, a baixa esteve atrelada à oferta acima do esperado e às demandas interna e externa enfraquecidas.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Em maio, pesquisadores do Cepea indicam que a previsão é de que a oferta da fruta diminua frente ao mês anterior, principalmente a partir da segunda quinzena, o que pode dar sustentação aos valores da fruta.

Por Cepea

AGRONEWS – Informação para quem produz

Leia também:  Arroz: negociações seguem pontuais neste mês
Continue lendo

Diárias de Mercado

Arroba do boi 07 de maio 2021, mercado segue estável

Publicado

em

boi

Sem grandes negócios em São Paulo, mercado do boi gordo segue estável

Sem grandes negócios e com a manutenção das escalas de abate, que atendem cerca de 8 a 9 dias, os preços no mercado do boi gordo ficaram estáveis na quinta-feira, no comparativo diário.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Assim, o boi, vaca e novilha gordos foram negociados em R$308,00/@, R$288,00/@ e R$302,00/@, preços brutos e a prazo.

Para bovinos mais jovens voltados à exportação, a cotação ficou apregoada em R$317,00/@, preço bruto e à vista.

Por Scot Consultoria

AGRONEWS – Informação para quem produz

Leia também:  Frango: abatido registra o maior valor de todos os tempos
Continue lendo


Tendências