Soldados da PM são capacitados para atender vítimas em situação de vulnerabilidade

Soldados da Polícia Militar que participam do 31º Curso de Formação foram capacitados para atuar junto a pessoas em situação de vulnerabilidade. A aula foi ministrada aos 120 alunos em capacitação pelo secretário do Grupo Estadual de Combate aos Crimes de Homofobia (GECCH) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), tenente-coronel PM Ricardo Bueno.

O conteúdo tem por objetivo apresentar os aspectos jurídicos e sociais para os policiais militares em atendimento a ocorrências envolvendo pessoas da comunidade LGBT, mulheres, crianças e adolescentes, idosos, deficientes, indígenas, imigrantes, pessoas em situação de rua, vítimas de racismo e usuários de drogas.

Para o tenente-coronel Bueno, abordar o conteúdo é de suma importância, considerando que os agentes de segurança pública são guardiões dos direitos humanos. “Foi possível conscientizar os futuros policiais militares da extrema importância do trabalho que passarão a exercer juntos aos cidadãos”.

O curso foi realizado na Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (ESFAP). A disciplina teve a duração de 15h/aulas. Os policiais foram divididos em quatro turmas com 5h/aulas da disciplina em três encontros entre os dias 15 e de agosto e 09 de setembro. (Com supervisão de Débora Siqueira)

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.