Suíno: após recorde em setembro, exportação cai em outubro

Depois de terem atingido recorde em setembro, as exportações brasileiras de carne suína recuaram em outubro

Pesquisadores do Cepea indicam que, mesmo com a demanda externa aquecida, a crise logística mundial provocada pela escassez de contêineres tem atrasado e limitado os envios brasileiros ao exterior.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

De acordo com dados da Secex compilados por pesquisadores do Cepea, em outubro, o Brasil embarcou 97,6 mil toneladas de carne suína, volume 11,9% menor que o de setembro, mas ainda 11,5% acima do de outubro de 2020. De janeiro a outubro deste ano, 955,3 mil toneladas de carne suína foram exportadas pelo Brasil, volume 13,3% maior que o escoado no mesmo período de 2020 e um recorde para o período.

Fonte: Cepea

AGRONEWS® – Informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.