NotíciasCuriosidades

The Last of Us: Conheça o fungo que transforma hospedeiros em Zumbis

O fungo responsável pelo apocalipse zumbi da série The Last of Us, existe na vida real e a foto de capa não foi editada no Photoshop, é real mesmo. Vai saber tudo sobre este parasita nesta matéria, acompanhe!

Da vida real para as telonas

O fungo Cordyceps responsável pelo apocalipse da série The Last of Us, existe na vida real. Até agora, cerca de 600 variedades deste fungo foram encontradas em todo o mundo, especialmente na Ásia, mas também na Mata Atlântica brasileira. Ele tem uma relação parasitária que pode alterar o comportamento do hospedeiro e transformá-lo em uma espécie de zumbi. No entanto, é importante lembrar que ele apenas ataca insetos, como formigas, lagartas, moscas, grilos e besouros. Graças a Deus isso acontece somente na natureza.

Parece assustador mas a foto de capa é resultado do fungo zumbi

Isso é um verdadeiro close-up do que restou da cabeça de uma mosca depois que foi infectado com o fungo Cordyceps.

Conheça o fungo capaz de transformar hospedeiros em Zumbis (FOTO REAL)
Foto: Faiz Bustamente – macrofotógrafo

Como macro fotógrafo em Cingapura, Faiz Bustamente frequentemente trabalha com insetos em sues projetos. Recentemente, ele capturou esta imagem de capa de uma mosca com soquetes oculares vazias, e uma substância misteriosa crescendo fora dela. O resultado ficou bastante assustador pois acabou formando aquela imagem que conhecemos da morte – uma caveira com ossos intercruzados. O fotógrafo acredita que o fungo mortal chamado Cordyceps infectou a mosca.

Cordyceps é tão assustador quanto parece — talvez até mais. Diferentes espécies de Cordyceps preferem diferentes hospedeiros, mas geralmente, eles invadem os corpos de insetos, especialmente formigas, fazendo com que eles ajam de uma forma que alguns chamam de zumbis. O fungo força seu hospedeiro a subir até o topo de uma planta, fixar-se sobre ela para se estabilizar, e esperar para morrer. Então, o fungo emerge lentamente através do exoesqueleto do inseto, formando um talo através do topo do animal morto. O talo chove esporos para baixo em insetos abaixo, começando o processo novamente.

The Last of Us: Conheça o fungo que transforma hospedeiros em Zumbis

Ophiocordyceps é um gênero de fungos aterrorizantes, pois eles são uma ameaça desconfortável para animais como formigas, besouros e vespas. Podem tomar conta da mente de um inseto, fazendo com que ele suba em um galho e se agarre à parte inferior de uma folha antes de ser morto. Uma vez que o hospedeiro está fincado no lugar, o corpo em forma de cogumelo do Cordyceps brota da vítima e eventualmente libera seus esporos que irão infectar outros insetos.

Formigas são seres com grande capacidade de orientação, criando caminhos eficientes quando buscam alimentos. Mas nas florestas do Brasil, da Tailândia e da África, as espécies do gênero Camponotus perdem seu rastro por causa do fungo parasita Ophiocordyceps unilateralis.

The Last of Us: Conheça o fungo que transforma hospedeiros em Zumbis

Quando um esporo desse fungo contamina uma formiga, ele passa de três a nove dias se desenvolvendo dentro dela. Quando pronto para completar seu ciclo de vida, o fungo manipula o inseto até ele se afastar da segurança de seu grupo, sem enxergar direito por onde vai, vagando como um zumbi.

Um estudo feito em 2009 revelou que, nesses casos, as formigas sempre acabam em lugares semelhantes: em alguma árvore, a cerca de 25 centímetros do solo, em um local com a umidade perfeita para que o fungo se prolifere.

A formiga morde uma folha e morre. Menos de 24 horas depois, minúsculas hifas de fungo crescem para fora do cadáver. Por fim, um talo é expelido e começa a jogar esporos no solo, onde novas formigas serão contaminadas.

The Last of Us
Série “The Last of Us” estreou na HBO

Humanos estão fora da lista

Não se preocupe, este fungo parasita não pode infectar humanos (ainda). Apesar de ser o organismo zumbi parecido com o do filme de terror e sobrevivência “The Last of Us“, ele não tomará conta de seu cérebro ou músculos e, em seguida, explodir através de sua pele. Na verdade, algumas pessoas ingerem intencionalmente Cordyceps como suplemento vitamínico, na esperança de tratar tosses, melhorar o desempenho atlético e outros supostos benefícios.

Outra referência sobre este fungo assustador está no jogo The Last of Us II, que foi lançado mundialmente em 2020, conquistando não apenas a crítica especializada, como também batendo recordes de venda e dando um ponto final a uma história iniciada sete anos atrás. Contudo, há uma dúvida que paira na cabeça de alguns fãs até hoje. Qual é a origem do mal que iniciou o apocalipse zumbi no universo de TLoU?

Para entendermos esse desastre causado na ficção, temos de ir na raiz do problema apontada no game. A infecção começa por conta do cordyceps, um fungo da classe dos ascomicetos, que cresce principalmente em insetos e artrópodes. É uma variação deste tipo fungo que vai infectar os humanos no game, gerando mutações bizarras que irão devastar quase toda a população da Terra.

Conheça o fungo capaz de transformar hospedeiros em Zumbis

A base de maior foco do fungo no mundo é localizada nas florestas tropicais úmidas no continente asiático, onde existem mais de 400 espécies de cordyceps conhecidas.

Você pode até comprá-lo em forma de pílula, ou comprar pequenas lagartas com o fungo crescendo fora deles. É completamente desregulamentado. Loucura!!! não é mesmo?

Você comeria um pedacinho deste cogumelo zumbi? escreva nos comentários!

Por Vicente Delgado – AGRONEWS®

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo