Mercado Financeiro

Veja o desempenho do frango (vivo e abatido) na 46ª semana do ano

Os quatro dias de negócios da terceira semana de novembro, 46ª de 2021, foram marcados, para o frango abatido, pela continuidade de deterioração de preços

Em índices significativos, pois a semana foi encerrada (sexta-feira, 19) com um valor médio cerca de 5% inferior ao da sexta anterior, enquanto em relação ao primeiro dia do mês o recuo aproximou-se dos 7%.

À primeira vista, o frango vivo (com cinco dias de negócios na semana) teve melhor sorte, pois encerrou o período (sábado, 20), com um valor médio apenas 3,70% inferior ao do sábado anterior. Porém, no acumulado do mês suas perdas vêm sendo mais agudas, pois o valor alcançado ao final da terceira semana ficou mais de 13% abaixo da cotação inicial do mês.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

De toda forma, considerada a média das três primeiras semanas de novembro as perdas nos dois segmentos vêm sendo muito similares, com redução de 6,22% para o frango abatido e de 6,67% para a ave viva.

Mas o que mais chama a atenção no momento é o baixo nível de valorização em relação ao mesmo mês do ano passado: de 20,70% para o frango abatido e de 22,54% para o frango vivo.

Isto se deve ao fato de, um ano atrás, tanto frango vivo como abatido terem alcançado, em novembro, os melhores preços do ano que passou, enquanto agora registram os menores preços deste semestre.

Porém, os valores registrados no fechamento da semana passada apresentaram, para um e outro produto, as menores margens do corrente exercício. Ou seja: a variação anual obtida pelo frango abatido não passou de 15,29% e a do frango vivo mal chegou a 13%.

frango

Por Avisite

AGRONEWS® – Informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados