Notícias

Famato recebe certificação de Responsabilidade Social

Em reconhecimento ao trabalho social promovido pela Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), a Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso durante sessão solene, presidida pelo deputado estadual Dilmar Dal’Bosco, homenageou a instituição pela sexta vez com a certificação de Responsabilidade Social.

O evento ocorreu na quinta-feira (03-12) no Plenário das Deliberações “Deputado Rêne Barbour”. O objetivo do certificado é promover a transparência e o reconhecimento público das empresas, instituições e órgãos públicos que fazem a diferença na sociedade.

O diretor de Relações Institucionais da Famato Rogério Romanini participou da solenidade de entrega do certificado e afirmou que é uma honra receber mais este reconhecimento, que confirma não só o impacto positivo das ações aplicadas pela instituição em todo o Estado, como também contribui para fomentar outras iniciativas em prol do desenvolvimento sustentável. “Para a Famato é uma grande satisfação ser homenageada novamente, isso só reforça que nosso trabalho em prol da promoção da qualidade de vida está gerando resultados positivos”, avalia Romanini.

O deputado estadual Dilmar Dal’Bosco fez questão de ressaltar a importância da Famato para Mato Grosso. “Eu vejo a evolução do agronegócio, meu pai, por exemplo, quando chegou em Mato Grosso por volta de 1976 não havia tecnologia, conhecimento e não existiam maneiras para melhorar a vida do homem do campo. E a Famato vem trazendo tudo isso, ela vem proporcionando conhecimento e experiência ao longo dos tempos traz consigo mudanças e investimentos e acima de tudo acreditando não só no agricultor e no pecuarista como acreditando na evolução do ser humano. A instituição movimenta os seus colaboradores e qualifica empresários, empreendedores e trabalhadores rurais”, destacou.

Ainda de acordo com Dal’Bosco, a Famato faz a diferença e tem credibilidade. “A Famato está à frente de governos, existe há cinquenta anos e está à frente daquilo que o governo deveria fazer de ações e não faz. Eu vejo que a Famato é merecedora desse certificado de Responsabilidade social, embora seja uma singela homenagem perto do que a instituição tem feito por Mato Grosso. A Famato tem credibilidade para representar todos os produtores rurais do Estado, desde o pequeno ao grande produtor. Parabéns para a Federação que continue contribuindo com o bem-estar do ser humano. Parabéns a Famato e a toda diretoria e colaboradores!”, disse Dal’Bosco.

Para o contador da Famato Fernando Maciel e Silva, que também recebeu o certificado, honrarias como essa serão fatores determinantes das empresas, instituições e órgãos públicos no futuro. Para ele, o mundo está chegando a um nível de conscientização em que serão priorizadas as instituições que tenham compromissos com parâmetros socialmente sustentáveis. No caso da Famato, a expectativa é de que a entidade continue a receber o certificado todos os anos.

A solenidade homenageou 38 instituições de Mato Grosso com certificado e moção de congratulação, agraciou quatro empresas com placa comemorativa pelos 10 anos de certificação de Responsabilidade Social e homenageou 26 membros da Comissão Mista de Responsabilidade Social de Mato Grosso.

CERTIFICADO – Os agraciados são definidos após análise do Balanço Social apresentado. O reconhecimento avalia diversos fatores como dados que permitem identificar o perfil da atuação social da empresa durante o exercício de 2015, a qualidade das relações com os empregados, o cumprimento das cláusulas sociais, a participação dos empregados nos resultados econômicos e as possibilidades de desenvolvimento pessoal, assim como a forma de interação das empresas e de demais entidades com a comunidade e sua relação com o meio ambiente. A iniciativa é amparada pela Lei 7.687/02.

Artigos relacionados
Geral

FAMATO aponta erros técnicos no Projeto de Lei 03/2022 que trata sobre produção no Pantanal

GeralNotícias

Entidades do agro assinam protocolo de intenções para expansão de 4G e 5G em Mato Grosso

GeralNotícias

Campanha de vacinação contra a febre aftosa começou dia 1° de novembro

Notícias

Vandalismo na Aprosoja Brasil é um crime contra o agro brasileiro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.