Algodão: em Mato Grosso, semeadura foi finalizada, diz IMEA

A semeadura do algodão finalizou em Mato Grosso na última semana com avanço semanal de 1,29 p.p

Por Daniele Balieiro – AGRONEWS®

As chuvas neste ano estiveram presentes em boa parte do progresso a campo, o que dificultou a retirada da soja e limitou a disponibilidade de áreas para o cultivo da segunda safra em algumas regiões do estado de Mato Grosso. No entanto, o ritmo empregado nas lavouras permitiu que o cultivo ficasse acima do observado na safra passada.

Além disso, o produtor de Mato Grosso conseguiu semear mais de 75% das áreas previstas dentro da janela “ideal” do algodão (até o fim de janeiro), o que pode diminuir os ricos com a produtividade em relação à safra passada.

Daqui em diante, os olhares se voltam para o controle da sanidade das lavouras de algodão e principalmente ao clima. Para os próximos 30 dias, as chuvas devem continuar presentes e, segundo os dados do TempoCampo, o acumulado de precipitações pode alcançar de 200 a 300 mm em grande parte do estado, o que confirmado, contribuirá para o desenvolvimento das lavouras em Mato Grosso.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Mercado Financeiro

Queda: o preço da pluma no estado de Mato Grosso registrou queda de 1,16% quando comparado à semana passada, ficando cotada a uma média de R$ 222,85/@.

Nova Queda: a paridade para o contrato de jul/22 desvalorizou 1,83% no comparativo semanal, precificada a uma média de R$ 203,32/@.

Nova alta: reflexo da menor oferta no mercado, o preço do óleo de algodão valorizou 1,54% ante a semana passada, cotado a uma média de R$ 5.961,90/t.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.