Algodão: MT foi responsável por 71,48% do volume total exportado

O Brasil exportou 1,38 milhão de toneladas de pluma de algodão no acumulado da safra (agosto/21 a março/22)

Por Daniele Balieiro/AGRONEWS® – com informações do Imea

Segundo dados da Secex, os envios da safra 20/21 apresentaram queda de 28,87% ante o mesmo período da safra passada. Esse cenário é justificado pela menor oferta da fibra no país, reflexo do recuo na produção.

Em relação a Mato Grosso, o estado foi responsável por 71,48% do total exportado pelo país, com 988,32 mil toneladas embarcadas. O volume escoado é 23,75% menor que o observado no mesmo período do ano passado, pautado, também, pelo decréscimo de 22,70% na produção da safra, que limitou a oferta da pluma no estado. Contudo, os embarques de março/22 foram 10,36% superiores aos de fevereiro/22, totalizando 150,80 mil toneladas, reflexo do aumento do volume importado pelo Vietnã, Paquistão e Bangladesh, que participaram com 55,00% do total escoado no último mês.

Ainda, é estimado que sejam exportados 239,28 mil toneladas até julho/22, uma vez que, segundo estimativa de O&D do Instituto, já foram escoados 80,51% do
volume total esperado para essa temporada.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Mercado Financeiro

Valorização: o preço da pluma na bolsa de NY para o contrato de dez/22 exibiu alta de 5,71% quando comparado à semana passada, precificado a ¢ US$ 121,20/lp.

Incremento: reflexo da valorização da pluma na bolsa de NY, a paridade para o contrato de dez/22 valorizou 5,09% no comparativo semanal, algodão segue cotado na média de R$ 200,83/@.

Alta: com a menor oferta no estado, o preço do óleo de algodão valorizou 2,28% ante a semana passada, ficando cotado a uma média de R$ 6.628,57/toneladas.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.