Diárias de Mercado

Algodão: preços seguem em alta em março de 2022

algodão

A disputa entre vendedores e compradores está acirrada no spot nacional, o que tem resultado em pequenas oscilações nos preços do algodão em pluma – ao longo da última semana, o Indicador operou entre R$ 6,95 e R$ 7,02/libra-peso

No entanto, segundo colaboradores do Cepea, a posição firme de vendedores tem prevalecido e sustentado os valores. Atentos às valorizações do petróleo, esses agentes pedem preços maiores pela matéria-prima, mas demandantes, de olho nas incertezas relacionadas ao crescimento econômico, reduzem os valores das ofertas de compra.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Assim, poucos são os compradores ativos no spot, até porque algumas indústrias relatam ter estoque elevado de manufaturado, já postergando o recebimento da matéria-prima contratada. Segundo colaboradores do Cepea, também houve sinalização de casos de fiações que reduziram a produção. Esse cenário e o forte aumento dos valores de frete têm limitado novas efetivações.

Entre 8 e 15 de março, o Indicador CEPEA/ESALQ do algodão em pluma subiu 0,4%, fechando a R$ 6,9860/lp nessa terça-feira, 15. Na parcial de março, a alta é de 1,45%.

Fonte: Cepea

AGRONEWS® é informação para quem produz

Artigos relacionados
Diárias de Mercado

Algodão: indicador recua quase 9% nesta parcial de junho

Mercado FinanceiroNotícias

Algodão: Imea divulga o 1° relatório da colheita da safra 21/22 em MT

Diárias de Mercado

Algodão: diferença entre preços pedidos e ofertados limita negócios

Mercado FinanceiroNotícias

Algodão: comercialização da safra 2021/22 está em baixa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.