Mercado FinanceiroNotícias

Algodão: safra em Mato Grosso apresentam reajustes

A área e a produção do algodão da safra 21/22 exibiram reajustes positivos no estado de Mato Grosso

Assim, segundo os dados da Ampa, a área ficou projetada em 1,12 milhão de hectares, incremento de
1,26% frente à estimativa anterior e 16,13% ante a safra 20/21, sendo 150,95 mil hectares de algodão
primeira safra e 963,91 mil de segunda safra. O aumento na projeção esteve atrelado à forte demanda
pela pluma.

Além disso, os estoques mundiais mais apertados e os preços atrativos favoreceram esse cenário no estado. Em relação à produtividade, esta se manteve em 290,90@/ha de algodão em caroço, alta inicial de 4,76% ante o rendimento consolidado da safra passada.

As perspectivas otimistas quanto à produtividade, até o momento, são reflexos das condições das lavouras dentro do esperado em Mato Grosso. Por fim, com a projeção do aumento da área e a manutenção dos rendimentos, a previsão da produção do algodão em caroço da safra 21/22 ficou em 4,88 milhões de toneladas, aumento de 1,26% ante o último relatório e 21,66% maior que a produção da safra 20/21.

Artigos relacionados

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Mercado Financeiro

Incremento: como reflexo do preço atrativo na bolsa de NY, o preço da pluma em Mato Grosso exibiu alta de 2,88% no comparativo semanal, e ficou cotada na média de R$ 233,28/@.

Valorização: o preço da pluma na bolsa de NY para o contrato de julho de 2022 valorizou 4,59% quando comparado à semana passada, precificado a ¢ US$ 133,55/lp.

Nova Alta: com a menor oferta no estado, o preço do óleo de algodão apresentou incremento de 1,25% ante a semana passada, cotado na média de R$ 6.535,71/toneladas.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo