NotíciasGeral

Anuário Brasileiro do Algodão mostra evolução da cadeia produtiva

algodão

Anuário Brasileiro do Algodão mostra evolução da cadeia produtiva

Os avanços da cotonicultura brasileira, liderados pela Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), junto às estaduais e aos produtores podem ser conferidos na edição 2022 do Anuário Brasileiro do Algodão. A publicação é uma iniciativa da Editora Gazeta e está disponível online. São informações sobre produção, mercado, melhorias tecnológicas e sustentáveis, e que movimentam toda a cadeia algodoeira.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

algodão,anuário do algodão

Entre os destaques, o anuário traz matéria sobre a rastreabilidade e o acompanhamento completo, desde o plantio do algodão certificado ABR (Algodão Brasileiro Responsável), até o produto na loja. Isso é possível graças ao blockchain, tecnologia que torna a informação acessível e auditável, em todas as etapas do processo. O projeto-piloto do programa SouABR se realiza em parceria com a Renner e a Reserva, numa iniciativa da Abrapa.

As perspectivas para a safra 2021/2022 também foram abordadas na publicação, que utilizou dados divulgados pela Abrapa, e que apontavam crescimento de 19,6%, o que atingiria um volume de 2,82 milhões de toneladas de pluma. Sobre o mercado, a previsão dos EUA para um consumo de algodão maior do que a produção, mas com possível redução no ciclo 2022/2023 por questões econômicas, igualmente mereceu destaque.

A produção sustentável, em que mais de 80% dos produtores de algodão têm certificação ABR, foi citada na publicação. A certificação atesta as boas práticas nas fazendas, considerando os pilares social, ambiental e econômico. As missões à Ásia, continente responsável pela maior parte das importações de algodão do Brasil, foram enfatizadas pela necessidade de promover globalmente a fibra brasileira, assim como o Congresso Brasileiro do Algodão, que se realizará entre os dias 16 e 18 de agosto, em Salvador, e que reunirá lideranças, produtores, pesquisadores e empresários do setor em ciclos de palestras para discutir assuntos da atualidade no mercado da pluma. O tema da 13ª edição do CBA será: “Algodão brasileiro – desafios e perspectivas no novo cenário mundial”.

Por Abrapa

AGRONEWS® é informação para quem produz

Artigos relacionados
Diárias de Mercado

Algodão: indicador recua quase 9% nesta parcial de junho

Mercado FinanceiroNotícias

Algodão: Imea divulga o 1° relatório da colheita da safra 21/22 em MT

Diárias de Mercado

Algodão: diferença entre preços pedidos e ofertados limita negócios

Mercado FinanceiroNotícias

Algodão: comercialização da safra 2021/22 está em baixa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.