Atenção Produtor! Fique atento ao prazo para declaração anual de rebanho

Prazo para declaração de rebanho termina em outubro

Uma medida importante para todos os produtores rurais que trabalham com produção animal mudou de prazo este ano. A Declaração Anual de Rebanho no Rio Grande do Sul em 2022 deverá ser feita entre os meses de junho e outubro. O período tradicional para a atividade é de janeiro a maio, mas devido à necessidade de mais tempo para implantação da declaração digital, o prazo foi alterado.

A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural desenvolveu, junto com a Procergs, um sistema on-line para a declaração, mais completo e descritivo, permitindo um maior controle das criações no estado. Neste ano, a declaração pode ser feita nas Inspetorias de Defesa Agropecuária, mas a intenção é que nas próximas edições o próprio produtor possa realizar o procedimento pela internet.

A Declaração Anual de Rebanho não é um procedimento novo, entretanto, para quem cria bovinos, costumava estar associada à etapa de vacinação contra a febre aftosa. Com a suspensão do procedimento, todo o produtor que possui bovinos, bubalinos, aves, suínos, peixes, equinos e caixas de abelhas, precisa realizar a declaração.

rebanho

O produtor pode ir à inspetoria e realizar a declaração junto ao servidor (leva em torno de 30 minutos) ou baixar o formulário no site, preencher e entregar na unidade.

Outra novidade, além da informatização, é que o formulário contempla uma gama maior de informações.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Até o início de agosto, pouco mais de 70 mil, das 390 mil declarações esperadas, já haviam sido entregues. A Declaração Anual de Rebanho é uma prática fundamental para contribuir com a construção de políticas de defesa sanitária animal e planejar ações de mitigação de doenças.

O presidente do Fundo de Desenvolvimento e Defesa Sanitária Animal do RS, Rogério Kerber, destaca que a após a suspensão da vacinação, a declaração anual de rebanho tornou-se ainda mais importante. “O serviço veterinário oficial precisa saber onde está o rebanho e qual seu tamanho. Além dos bovinos, as demais espécies de interesse comercial também precisam ser declaradas”, pontua.

Para realizar a declaração, o produtor precisa informar a quantidade de animais, o sexo e a faixa etária. Também é preciso atualizar o saldo, informando os animais que nasceram, morreram, que foram consumidos ou se houve algum roubo (neste caso é preciso levar o boletim de ocorrência).

Para mais informações, acesse: www.agricultura.rs.gov.br/declaracao

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.