Boi: abate de fêmeas volta a recuar, macho avança em Mato Grosso

Segundo os dados do Indea-MT, o abate total de bovinos mato-grossenses registrou queda de 7,46% no comparativo mensal

Por Daniele Balieiro/ AGRONEWS® com informações do Imea

O volume abatido totalizou 330,84 mil cabeças em abril de 2022, sendo 26,67 mil cabeças a menos em relação ao mês anterior. Este cenário de recuo foi pautado pelo abate de fêmeas, que apresentou diminuição de 15,36% ante a março de 2022, ou seja, 27,39 mil cabeças a menos para o mesmo comparativo. Essa dinâmica ocorre sazonalmente, uma vez que o movimento de descarte de matrizes se concentra apenas no 1º tri do ano.

As regiões sudeste e norte lideraram o movimento de retração com diminuição de 30,10% e 18,06% no mesmo comparativo, respectivamente. Porém, na
categoria dos machos, o abate aumentou 0,40% no mesmo período e totalizou 179,88 mil animais, sendo as regiões noroeste e oeste que puxaram a alta, com volumes de 41,70% e 11,30% maiores frente a março de 2022, na sequência.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Mercado Financeiro

Diminuição: a contínua estagnação da demanda interna impactou negativamente na cotação da arroba do boi gordo, que decresceu 0,45% ante a semana passada.

No vermelho: aliada ao mercado dos machos, a arroba da vaca gorda reduziu 0,35% ante a semana passada e ficou cotada na média de R$ 273,94/@.

Menor valor: a baixa procura pelos recriadores no estado fez com que os preços do bezerro de ano diminuíssem 1,21% ante a semana passada.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.