Boi: bezerros seguem desvalorizados em 2022

Em maio de 2022, os movimentos de queda não foram observados somente nas cotações do boi gordo, como também nas de reposição

Por Daniele Balieiro/ AGRONEWS® com informações do Imea

Por conta da maior oferta desses animais no estado, no comparativo anual houve um recuo nos preços para todas as categorias avaliadas, com destaque para as bezerras de ano e de desmame, nas quais registraram decréscimo de 22,93% e 21,03%, respectivamente, sendo cotadas a uma média de R$ 1.895,03/cabeças e R$ 1.668,81/cabeças no estado.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Já no comparativo com o mês de abril de 2022, os animais com maior desvalorização se concentraram nos bezerros machos, com o bezerro de ano cotado na média de R$ 2.893,78/cabeças e o de desmame, a R$ 2.571,09/cabeças. Essa conjuntura pautou, inclusive, na tomada de decisão dos confinadores que, apesar dos insumos em alta, podem ver margem através da aquisição mais em conta dos animais para engorda.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.