Boi: entressafra próximo do fim

A boa oferta de bois para o abate no estado de Mato Grosso pressionou as cotações

Por Daniele Balieiro/AGRONEWS® com informações do Imea

Com o início da primavera, as estimativas para o curto prazo (30 dias) já apontam para chuvas entre 100 e 150 mm na maior parte das regiões do estado de Mato Grosso, segundo a previsão do TempoCampo.

No entanto, as regiões norte e noroeste se destacaram por registrar um acumulado mais elevado, de 200 a 300 mm, cenário favorável para os pecuaristas visto que o sistema de cria tem maior incidência na região e a seca vinha impactando na engorda dos animais de reposição.

De um modo geral, neste período de renovação das pastagens, os produtores começam a reter seus animais e isso tende a limitar a oferta no final do ano, sendo concentrada para animais confinados ou semiconfinados.

Com isso, se a demanda interna se intensificar conforme as estimativas de mercado e a oferta for limitada, os preços da arroba do boi tendem a apresentar incrementos no último bimestre do ano.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Mercado Financeiro

  • No vermelho: a boa oferta de animais para o abate no estado pressionou as cotações em 1,62% ante a semana passada e a arroba do bovino macho ficou na média de R$ 255,26;
  • Menor preço: o mercado da vaca gorda acompanhou a movimentação da arroba do boi gordo e decaiu em 1,23% no comparativo semanal e fixou-se na média de R$ 243,46/@;
  • Cenário desfavorável: o movimento de estagnação nas negociações do gado magro pressionou as cotações do bezerro de 12 meses, que ficou cotado a R$ 2.600,36/cab.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Siga o Agronews® nas redes sociais

Facebook AgronewsInstagram AgronewsTelegram AgronewsYoutube AgronewsWhatsapp Agronews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *