Diárias de Mercado

Boi gordo: escalas de abate seguem confortáveis

A semana terminou com as indústrias paulistas sem ímpeto para as compras, resultado do avanço das escalas de abate do boi, que atendem, em média, 10 dias

Com isso, os frigoríficos abriram o dia ofertando R$1,00/@ a menos para o boi gordo. Houve relatos de negócios pontuais de até R$5,00/@ abaixo da referência.

Assim, a referência ficou em R$316,00/@ para o boi gordo, R$298,00/@ para vaca gorda e R$308,00/@ para novilha gorda, preços brutos e a prazo.

Na região Sudeste de Mato Grosso, as escalas de abate confortáveis e o menor empenho dos compradores também pressionaram as cotações do boi, vaca e novilha gordos, registrando queda de R$1,00/@ na comparação diária.

Mesmo cenário para a região de Dourados – MS, resultando em queda de R$2,00/@ para o boi gordo, negociado em R$313,00/@, preço bruto e a prazo. Já para a vaca e novilha gordas, os preços permanecem estáveis, negociadas em R$300,00/@ e R$305,00/@, nas mesmas condições.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Atacado de carne bovina com osso

Com a demanda enfraquecida no mercado doméstico, as cotações registraram novas quedas.

A carcaça de bovinos castrados recuou 3,6%, e ficou precificada em R$18,67/kg, já a de bovinos inteiros ficou cotada em R$17,25/kg, recuo de 7,6%.

Por Scot Consultoria

AGRONEWS® – Informação para quem produz

Mostrar mais
Siga-nos no Google News: CLIQUE AQUI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados