Diárias de Mercado

Café: colheita do arábica avança, mas liquidez é baixa

café

Preço do café arábica seguem firmes, de acordo com as regiões acompanhadas pelo Cepea

A colheita de café arábica da safra 2022/23 está se acelerando nas principais regiões do Brasil, mas, mesmo assim, as negociações da variedade seguem lentas no mercado spot nacional, por conta da retração de vendedores. Com isso, segundo pesquisadores do Cepea, os preços domésticos estão sendo influenciados sobretudo pelas oscilações dos valores internacionais do arábica e do dólar. No front externo, por sua vez, o movimento dos preços está refletindo fatores técnicos e incertezas relacionadas ao clima no Brasil.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Nessa terça-feira, 14, o Indicador CEPEA/ESALQ do arábica tipo 6, posto na capital paulista, fechou a R$ 1.322,74/sc de 60 kg, ligeira alta de 0,42% frente à terça anterior, 7. Quanto ao café robusta, a colheita também está avançando, mas os preços vêm se mantendo firmes, devido à retração de vendedores e ao avanço do dólar.

Produtores da variedade, assim como os de café arábica, estão mais capitalizados e, após as vendas iniciais para o pagamento dos custeios, voltaram a se afastar do mercado nos últimos dias. Nessa terça-feira, o Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6, peneira 13 acima, fechou a R$ 691,98/sc, praticamente estável (-0,04%) frente à terça anterior.

Fonte: Cepea

AGRONEWS® é informação para quem produz

Artigos relacionados
Diárias de MercadoNotícias

Café: preço do arábica segue em alta em 2022

Mercado FinanceiroNotícias

Exportações de cafés totalizam 78 milhões de sacas de outubro de 2021 à abril de 2022

Diárias de Mercado

Café: preço do robusta segue em queda

Diárias de Mercado

Café: intensificação da colheita pressiona valor do robusta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.