conecte-se conosco

Climatempo

CLIMATEMPO 30 de maio 2021, veja a previsão do tempo no Brasil

Publicado

em

climatempo 30 de maio 2021

Como informa o Boletim CLIMATEMPO 30 de maio 2021, a previsão do tempo no Brasil é de que o frio se espalhe no Centro-Sul do país. Confira abaixo a análise completa com a previsão para todas as regiões do Brasil para este domingo.

Temporais e geada no Sul do Brasil no fim de semana

As nuvens carregadas se afastam do Rio Grande do Sul, mas devem ganhar força sobre Santa Catarina e Paraná até o domingo. Volta a gear no interior gaúcho.

Fortes tempestades aconteceram sobre o Rio Grande do Sul na sexta-feira, 28 de maio, com a chegada de uma nova frente fria e também a entrada de muito ar quente e úmido vindo do Norte do Brasil.

Nuvens extremamente carregadas se formaram sobre o Rio Grande do Sul provocando fortes pancadas de chuva. Estas nuvens carregadas crescem sobre o Sul do Brasil com o avanço de uma nova frente fria.

climatempo 30 de maio 2021
CLIMATEMPO 30 de maio 2021, veja a previsão do tempo no Brasil

Pela medição do INMET (Instituto Nacional de Meteorologia), no período entre 7 horas e 18 horas da sexta-feira, 28 de maio, choveu 145,8 mm sobre São Vicente do Sul. A média de chuva para o mês de maio nesta região varia de 150 mm a 175 mm.

No mesmo período, a região de Alegrete acumulou 86,2 mm e Santa Maria, 68,6 mm, segundo medições do INMET. Na região de Soledade, no período de apenas 6 horas, choveu 55,6 mm.

A região da grande Porto Alegre também teve temporais nesta sexta-feira. O INMET registrou um total acumulado de 51,8 mm em Porto Alegre, em apenas 7 horas de chuva. A média de precipitação para a capital gaúcha durante o mês de maio é de aproximadamente 119 mm. Isso quer dizer que, em poucas horas, choveu quase metade do que normalmente chove durante todo o mês de maio.

A capital gaúcha vai terminar este mês com volume de chuva um pouco acima do normal.

Confira outros volumes de chuva elevados registrados no Rio Grande do Sul em 12 horas, entre 6h30 e 18h30 da sexta-feira, 28 de maio, de acordo com o Cemaden – Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais.

  • Ivorá: 127,2 mm
  • Nova Palma 103,8 m Faxinal do Soturno: 102,4 mm
  • Alegrete: 96,0 mm
  • Lagoa bonita do Sul: 83,0 mm
  • Santa Maria: 82,0 mm
  • Rosário do Sul: 77,2 mm
  • Arroio do Tigre: 70,6 mm

Ainda na sexta-feira, as áreas instabilidade desta nova frente fria começaram a provocar pancadas de chuva e ventania também sobre Santa Catarina e sobre o Paraná.

O Cemaden registrou 40,2 mm em Sombrio, no período de 6 horas entre 12:30 e 18:30 de 28 de maio e no mesmo período choveu 32 mm em Balneário Gaivota.

Ventania

O avanço desta nova frente fria sobre o Sul do Brasil também estimulou a ocorrência de intensas rajadas de vento durante a sexta-feira, 28 de maio.

As fortes rajadas de vento atingiram cerca de 83 km/h na região de Foz do Iguaçu, segundo medição do aeroporto local. Árvores caíram pela cidade.

Já o Instituto Nacional de Meteorologia, registrou muitas rajadas entre 94 km/h e 120 km/h, na região de Bom Jardim da Serra, no alto da Serra catarinense. Em Serafina Corrêa (RS), uma rajada chegou a 88 km por hora, de acordo com o INMET. Em São Miguel do Oeste (SC), uma rajada chegou a 79 km/h e em Joaçaba (SC), a 72 km/h. A região de Soledade sentiu rajadas de até 71 km/h.

Risco de vento forte no fim de semana

Durante este fim de semana, o último do mês de maio, fortes rajadas de vento ainda podem ocorrer na Região Sul do Brasil. Desta vez o alerta é para o Paraná e para Santa Catarina, que podem ter rajadas entre 60 km/h e 80 km/h.

O litoral gaúcho ainda pode sentir ventos fortes neste sábado, mas de forma geral, o Rio Grande do Sul terá um fim de semana com pouco vento.

Risco de temporais no Paraná e em Santa Catarina

Os estados do Paraná e de Santa Catarina permanecem em alerta neste fim de semana para ocorrência de fortes pancadas de chuva, que podem acontecer a qualquer hora neste sábado nos dois estados. Há risco de raios e pode chover forte também nas capitais Curitiba e Florianópolis.

As nuvens carregadas vão saindo do Rio Grande do Sul. Para este sábado só há previsão de algumas pancadas de chuva na madrugada ou pela manhã no norte do estado, atingindo áreas do planalto da Serra e do Noroeste gaúcho. Para as outras regiões do estado, não há mais previsão de chuva e o sol aparece na maior parte do dia.

Para o domingo, o alerta é para chuva forte no estado do Paraná. Apesar do afastamento da frente fria, a circulação de ventos em níveis baixo e médios da atmosfera vai forçar a concentração de ar quente úmido sobre o Paraná, o que vai estimular a formação de nuvens bastante carregadas.

Ainda há previsão de pancadas de chuva também para a região do Vale do Itajaí e para o litoral norte de Santa Catarina.

Frio e geada no domingo

Com exceção do Vale do Itajaí, as demais regiões catarinenses e o Rio Grande do Sul não devem ter chuva no domingo, usuário esfria muito com a presença de uma nova massa de ar frio de origem polar.

Domingo: a previsão é de geada para Serra gaúcha e catarinense e também para campanha gaúcha ao amanhecer.

O frio aumenta na segunda-feira sobre o Sul do Brasil e o risco de geada também será maior.

O último dia de maio de 2021 deve amanhecer gelado nos estados do Sul do Brasil. Há condições para formação de geada ao amanhecer em praticamente todo o Rio Grande do Sul e também nas áreas de Serra de Santa Catarina.

A madrugada da segunda-feira 31 de maio, poderá ser a mais fria deste ano até agora em Porto Alegre. O recorde atual de menor temperatura para a capital gaúcha é de 7,4°C, em 14 de maio.

Fonte: CLIMATEMPO

AGRONEWS – Informação para quem produz

Publicidade
Clique para comentar

Comente sobre esta matéria

Tendências