GeralNotícias

Conheça as “Cristinas” – as mulheres mais poderosas do Brasil, segundo top 20 da Forbes

Nesta matéria especial sobre o Dia das Mulheres, que é comemorado neste domingo, 08 de março, resolvemos trazer alguns exemplos da força feminina Brasileira. Entre as top 20 da Revista Forbes, estão 03 mulheres que tem algo em comum, além do nome, elas fazem a diferença no cenário nacional. A Ministra da Agricultura, a Presidente do Tribunal Superior do Trabalho e a Cofundadora da Nubank, que nesta matéria iremos chamar carinhosamente de as “Cristinas” – as mulheres mais poderosas do Brasil, confira!

A revista Forbes Brasil divulgou na última quarta-feira (04) a lista das mulheres mais poderosas do Brasil em 2020. Entre as eleitas estão, a Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Tereza Cristina, a presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Maria Cristina Peduzzi e também Cristina Junqueira, cofundadora da Nubank. Além do nome, elas possuem habilidades e outras características em comum, que fazem destas mulheres as grandes lideranças brasileiras.

Tereza Cristina – A força do Agro

as cristinas
Teresa Cristina – Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Foto: Revista Forbes

A atual ministra da Agricultura é formada em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Viçosa (Minas Gerais) e já ocupou a segunda secretaria da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul).

Em 2006, assumiu o cargo de superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e, no final desse mesmo ano, foi convidada para comandar a Secretaria de Desenvolvimento Agrário, Produção, Indústria, Comércio e Turismo do Governo do Estado Mato Grosso do Sul (Seprotur), ficando no cargo por sete anos. Ela também foi eleita deputada federal em 2014.

Em 2018, como líder da Bancada Ruralista, foi uma das principais responsáveis pela aprovação do projeto de lei nº 6.299/2002, que regulamenta o processo de registro de agrotóxicos no Brasil.

O programa Roda Viva entrevistou, em junho de 2019, a ministra Tereza Cristina. No programa, ela fala sobre os desafios do agronegócio ‒ um dos setores mais dinâmicos da economia brasileira ‒, que transformou o País em um dos maiores produtores de alimentos do mundo. Confira!

Desde janeiro de 2019, integra o Governo Jair Bolsonaro, onde assumiu o cargo de ministra da Agricultura, Pecurária e Abastecimento. Ela foi indicada por um grupo de 20 integrantes da Frente Parlamentar Agropecuária (FPA) por ser considerada uma grande liderança no setor de agronegócios e com capacidade para representar a classe produtora do Brasil.

Maria Cristina – A força da Justiça

as cristinas
Maria Cristina Peduzzi – Presidente do Tribunal Superior do Trabalho – Foto: Revista Forbes

Ela é a primeira mulher a assumir a presidência do TST. Maria Cristina é bacharel em Direito pela Universidade de Brasília (UnB) e mestra em Direito, Estado e Constituição pela mesma instituição. A ministra atuou como advogada nos Tribunais Superiores de 1975 até sua posse no TST, em vaga destinada à advocacia.

Cerimônia de posse da Presidência do TST – 19/02/2020

Foi, ainda, procuradora da República (1984), procuradora do Trabalho (1992) e professora universitária de graduação e pós-graduação (UnB, CEUB, Mackenzie e IDP).

Foi Presidente da Academia Brasileira de Direito do Trabalho de 2002 a 2005. É membro efetivo de várias instituições jurídicas. Recebeu condecorações de diversos Tribunais. Integrou bancas de concursos públicos. É articulista, conferencista em inúmeros congressos jurídicos, nacionais e internacionais.

Autora de livros e trabalhos publicados, dentre eles “O Princípio da Dignidade da Pessoa Humana”, “Tempo de Serviço no Direito do Trabalho”, “O Contrato de Trabalho e sua Alteração”, em co-autoria; “Curso de Direito Coletivo do Trabalho”, em co-autoria; “O Novo Código Civil – Estudos em Homenagem ao Prof. Miguel Reale, em co-autoria; “Recursos Trabalhistas”, Estudos em homenagem ao Ministro Vantuil Abdala, em co-autoria; “Aspectos Polêmicos e Atuais do Direito do Trabalho”, Homenagem ao Professor Renato Rua de Almeida, em co-autoria; “Trabalho da Mulher”, Estudos em Homenagem a Alice Monteiro de Barros, em co-autoria, todos pela Editora LTr.

Cristina Junqueira – A força da inovação

Cristina Junqueira – cofundadora do Nubank – Foto: Revista Forbes

A revista Forbes Brasil também elencou outras mulheres poderosas no Brasil, que você vai poder conferir na edição da próxima semana (09). A equipe entrevistou e fotografou cada uma delas. Além dos destaques no setor público, a seleção conta com empresárias, executivas, gestoras, artistas, chef, jornalista, empreendedora social, que contaram suas histórias inspiradoras.

O destaque também ficou para Cristina Junqueira, cofundadora do Nubank, que posou para a Forbes Brasil três dias antes de dar à luz a segunda filha, Bella. “Eu consegui gerar um impacto bastante positivo por causa do meu inconformismo e da minha vontade de encontrar soluções, sem me importar com o grau de dificuldade da situação”, afirma.

Cristina Junqueira, já podia dizer que era uma executiva de sucesso, formada em engenharia de produção na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), bem avaliada, com grande experiência acumulada no setor financeiro e tocando projetos grandes dentro do banco Itaú. Mas, foi justamente durante esse aparente auge profissional, no início de 2013, que ela tomou a decisão mais difícil de sua carreira:

Pedi demissão justo no dia que recebi o maior bônus da minha vida”, afirmou.

Nubank – A empresa brasileira de cartão de crédito que nasceu numa garagem

Cristina diz que estava feliz com o trabalho e o caminho construído até aquele momento, mas buscava algo novo, que lhe desse um propósito, uma nova visão. “Saí sem saber o que ia fazer, para pensar com calma”.

Não demorou muito para a executiva encontrar seu novo propósito. Embarcou ao lado do colombiano David Vélez e o americano Edward Wible em um projeto que se transformou na fintech Nubank. Desde 2013, a startup vem chamando atenção pelos grandes aportes recebidos — inclui-se aí o do Sequioa Capital — e por oferecer um sistema de cartão menos burocrático e mais ágil que os dos bancos. Hoje, o desafio de Cristina e seus sócios decorre justamente do acelerado crescimento da fintech, que já soma mais de 500 funcionários. “Nosso problema hoje é crescer do ponto de vista de pessoas. Fomos de 30 funcionários para 300, em 2015, e passamos para 500 no ano passado. Mas precisamos continuar crescendo com nível de qualidade. A barra é muito alta.”

Curiosidades sobre o nome Cristina

A origem do nome Cristina é Latim. Significa escolhida por Deus. Indica uma pessoa positiva e otimista. As vezes bastante organizada e com grande capacidade de liderança. (Isso já foi comprovado aqui nesta matéria)

Os principais e mais conhecidos apelidos do nome Cristina são: Cris, Tininha, Tina e Titina.

Maior número de pessoas com o nome Cristina por período:

  • Foi entre as décadas de 70 e 80
  • Aproximadamente 57.15 mil registros
  • Aproximadamente 29.66% do total de registros
  • Situação atual: Aproximadamente 9.19 mil registros – Aproximadamente 4.77% do total de registros

Conheça a personalidade de quem se chama Cristina

É compreensível e gentil. Geralmente quem se chama Cristina, gosta de ser sábio e se adapta facilmente a diversas situações.

Ambição: Fazer com o intuito de encorajar, orientar e dar conselho as pessoas.

Expressão: De maneira criativa, Cristina está buscando sempre ser bem sucedido através da arte. Dinheiro nem sempre é visto com seriedade ou preocupação para quem se chama Cristina.

Pontos positivos: Criativo, comunicador, entusiasmado e social, assim é o positivismo de pessoas com o nome Cristina

Pontos negativos: Superficial, ostentador, exagerado, disperso e imaturo, são características negativas que as vezes assombram pessoas com o nome Cristina

Afinal, o que é poder?

E se você ainda tem tem dúvidas do que realmente é poder, assista ao vídeo abaixo com os depoimentos das mulheres mais poderosas do mundo, explicando o que é poder.

Por: Vicente Delgado – AGRONEWS BRASIL, com informações da Revista Forbes Brasil / Sou empreendedor / Significado do Nome

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados