Contorno Norte de Cuiabá está entre os 7 projetos prioritários do Governo Federal no MT

Previsão do Governo Federal é que obra na BR-163/MT esteja pronta em abril. Melhorias nas rodovias 070, 158, 174, 242 e 364 também são contempladas

Sete empreendimentos de infraestrutura de transportes no Mato Grosso entraram para a lista de ações prioritárias a serem executadas pelo Governo Federal, por meio do Ministério dos Transportes, no Plano de 100 Dias de gestão. Conforme o diagnóstico elaborado pela pasta, uma das prioridades no estado é a retomada das obras de implantação do Contorno Norte de Cuiabá, na BR-163/MT. Os serviços incluem a construção de uma rodoviária e devem ser concluídos na primeira quinzena de abril.

Esse também é o prazo para finalização dos trabalhos de recuperação na BR-364/MT, com obras em dois segmentos: dos Km 0 ao 1,5 e entre os Kms 1,50 e 112,90. Já do Km 994,80 ao 1265,36 da rodovia, as intervenções serão mais complexas e ocorrem por meio do Programa de Contratação, Restauração e Manutenção (Crema). Neste caso, o prazo de conclusão também é a primeira quinzena de abril.

Manutenção em dia

MT

Outro destaque do plano para Mato Grosso é o início do programa BR Legal 2 nas BRs-070, 158, 163, 174, 242 e 364-MT ainda neste mês de janeiro. A iniciativa tem por objetivo implantar e manter em boas condições sinalizações (horizontal e vertical) e dispositivos de segurança em toda a malha rodoviária do país, desempenhando um papel fundamental em relação à prevenção de acidentes nas vias.

Em fevereiro, serão contratados três planos anuais de trabalho e orçamento para as BRs-364 e 070/MT, visando à manutenção e à conservação de pistas e pavimentos.

Por todo o país

O Plano 100 Dias terá cerca de R$ 1,7 bilhão para retomar e intensificar obras, preparar rodovias para o período de chuvas, garantir o escoamento da safra agrícola e diminuir o número de acidentes graves em todo o país.

O valor possibilitará a entrega de 861 quilômetros pavimentados, revitalizados e sinalizados até abril de 2023. Ainda haverá a construção e revitalização de 72 pontes e viadutos no mesmo período. Também haverá a retomada de mais 670 quilômetros de obras hoje paradas por falta de verbas, onde estão previstas revitalização, construção e segmentos críticos.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Siga o Agronews® nas redes sociais

Facebook AgronewsInstagram AgronewsTelegram AgronewsYoutube AgronewsWhatsapp Agronews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *