GeralGoverno de MTMato GrossoNotícias

Entrevista: Governador de MT revela estratégias para o setor agro

O vídeo com a entrevista completa você confere no final desta matéria.

Em entrevista exclusiva ao AGRONEWS, o governador de Mato Grosso, Mauro Mendes, faz um panorama das políticas públicas para o agronegócio do estado e ainda revela quais são as perspectivas para o setor produtivo.

Um gigante pela própria natureza

Para entender a magnitude e o potencial deste grande estado brasileiro, é importante saber que Mato Grosso é o maior produtor nacional de: Milho, com cerca de 33 milhões de toneladas; Carne bovina – com mais de 31 milhões de cabeças; Etanol de milho – 2,73 milhões de m³; Algodão – com 4,8 milhões de toneladas; e claro, Soja – com 35 milhões de toneladas, sendo responsável por mais de 10% da produção mundial do grão. O estado consegue aliar eficiência tecnológica e sustentabilidade, sendo uma das mais modernas agriculturas do Mundo. De 2004 a 2020, Mato Grosso conseguiu diminuir o desmatamento em 85%, enquanto a produção de grãos cresceu mais de 220%, a filosofia do setor agro mato-grossense é de que quanto mais se produz – menos se desmata. Entendido isso, veja abaixo uma síntese da entrevista com governador Mauro Mendes, lembrando que o vídeo completo você pode assistir no final desta matéria.

governador de mt
Entrevista: Governador de MT revela estratégias para o setor agro

Infraestrutura e logística

Para o Governador Mauro Mendes, embora estes números impressionem, ainda existem desafios à serem vencidos e é na logística que serão empregados os esforços para alavancar o setor produtivo. ”O nosso maior desafio aqui sempre foi a logística e nessa linha que o governo do estado vai trabalhar após a sua recuperação fiscal, que nós implementamos desde que assumimos aqui como governador em janeiro de 2019, pois naquele momento estava muito ruim, um estado insolvente, que não pagava as contas, que devia para fornecedores, para servidores, muitas obras paralisadas em todo estado. Conseguimos fazer sobrar dinheiro para investimento este ano, o estado deve investir em torno de 15% da sua receita corrente líquida e o grande foco desse investimento, onde vamos entregar boa parte desses recursos é exatamente a logística.”, explica o governador.

Segundo Mendes, serão diversos investimentos em infraestrutura e o setor produtivo contará, até o mês de agosto desse ano, com + 1.500 km de rodovias novas sendo asfaltadas no estado, além de um grande programa de recuperação das rodovias existentes, construção de pontes e outros investimentos nas áreas de infraestrutura. “Graças a essa recuperação fiscal, ao equilíbrio do caixa e fazer sobrar dinheiro para bancar grande parte dos investimentos, em torno de 75% a 80% está sendo feito neste momento com recursos próprios do governo do estado.”, comemora Mauro.

Utilização de terras indígenas

Sobre a diversidade das atividades e culturais de Mato Grosso, o governador ressalta o pioneirismo do estado na utilização de terras indígenas para a produção agropecuária. “Eu fico muito orgulhoso, estive algumas vezes e vejo como eles prosperaram, como eles estão felizes construindo a sua autonomia, mantendo a sua identidade, mantendo a sua cultura, mas agregando valor econômico, agregando qualidade de vida para toda aquela etnia, para todos aqueles povos indígenas. É um tema novo no Brasil e precisamos regulamentar cada vez mais isso, dar segurança jurídica ou parceria para que eles possam ganhar conhecimento, ganhar escala ou tocando de forma própria como alguns já fazem, mas nós temos que cada vez mais permitir que se ocorra isso.”, ressalta Mendes.

Políticas de tributação

Perguntado sobre a tributação de fertilizantes, que virou pauta no congresso nacional, o governador acredita que são necessários mais debates, mas concorda que é preciso ajustar um pouco mais a tributação do país sem inviabilizar ou tirar a competitividade de qualquer setor econômico. ”Se acontecer alguma coisa efetivamente, isso tem que ser modulado, tem que ser implementado de forma gradual para que isso não gere nenhum impacto que tire a competitividade de regiões, de setores ou de uma área especificamente. O estado não pode nesta vontade ou necessidade que muitos têm de tributar, de fazer com que isso tire do setor produtivo a capacidade de competir e até mesmo de sobreviver.

Ele finaliza a entrevista fazendo um resumo geral das ações atuais e as que serão implementadas, relembrando que houve a necessidade de medidas enérgicas no início do seu mandato, visando o equilíbrio financeiro no estado. “Acima de tudo o governo fez a lição de casa e não só buscou caminho de aumentar a receita, de aumentar a arrecadação, nós implementamos um corte muito profundo na estrutura de governo reduzindo de 24 para 16 secretarias, cortamos uma série de despesas internas que aumentou a eficiência dessa arrecadação, dessas despesas e fez sobrar bastante recurso. Com isso governo faz um grande programa de investimento, é o maior programa de investimento da nossa história, esse ano serão 3,5 bilhões de reais investidos e parte disso, em torno de 80% são de recursos próprios do Governo do Estado de Mato Grosso.”, finaliza o governador Mauro Mendes.

Assista abaixo a entrevista completa com o governador Mauro Mendes.

Por: Vicente Delgado – AGRONEWS

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados