Etanol: quantidade de hidratado vendida em janeiro é a menor em 20 anos

Na comparação com os meses de janeiro de anos anteriores, o volume de etanol hidratado negociado pelas usinas de São Paulo no primeiro mês de 2022 é o mais baixo desde 2002, segundo dados do Cepea – quantidade ainda menor tinha sido registrada pelo Cepea em novembro de 2021

Em relação a dezembro de 2021, o volume negociado em janeiro foi 17% inferior. A sequência de negócios pontuais tem caracterizado o mercado de etanol em toda a região Centro-Sul do Brasil – um volume pequeno de combustível tem sido absorvido pelas distribuidoras no mercado spot, com contratos extras de abastecimento para o período de entressafra.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Incertezas quanto ao consumo de etanol – devido à nova variante do coronavírus, ômicron – e a desvantagem do preço do hidratado frente ao da gasolina C nas bombas justificam a baixa liquidez. Nas bombas do estado de São Paulo, a relação de preços entre o etanol hidratado e a gasolina C segue favorecendo o combustível fóssil – em janeiro, a relação foi de 76,3%, contra 78,1% em dezembro/21.

A média do preço da gasolina foi de R$ 6,354/litro, e a do hidratado, de R$ 4,847/litro, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Fonte: Cepea

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.