Exportações totais de arroz devem alcançar 2 milhões de toneladas

As exportações brasileiras de arroz (base casca) devem alcançar cerca de 2 milhões de toneladas até o fim de 2022, projeta Abiarroz (Associação Brasileira da Indústria do Arroz)

De janeiro a outubro deste ano, os embarques do cereal totalizaram 1,68 milhões de toneladas, com receita de US$ 516,3 milhões, segundo dados do Ministério da Economia. Em igual período de 2021, as vendas externas do produto somaram 955,3 mil toneladas, com faturamento de US$ 306 milhões.

Ainda segundo a Associação, somente em outubro deste ano, as vendas externas de arroz atingiram 388,7 mil toneladas, o maior volume mensal do ano, com receita de US$ 122,5 milhões. No mesmo mês do ano passado, as embarques foram de 137,9 mil toneladas, representando US$ 43 milhões.

“Se mantivermos o ritmo dos últimos meses, as exportações de arroz seguramente chegarão a 2 milhões de toneladas no fechamento do ano”, reforça o diretor de Assuntos Internacionais da Abiarroz, Gustavo Trevisan.

“O bom desempenho das vendas externas neste ano mostra o reconhecimento da qualidade do nosso arroz e da eficiência da nossa indústria arrozeira, uma das mais modernas do mundo”, pontua o dirigente da entidade.

Entretanto, para o arroz beneficiado, ainda é necessário um esforço maior para abrir novos mercados, como é o caso do México, assinala.

Trevisan cita ainda outro impulsionador do protagonismo global do arroz nacional: o projeto Brazilian Rice, desenvolvido em parceria pela Abiarroz e a ApexBrasil. “As ações de promoção internacional do projeto têm trazido resultados muito positivos, além de capacitar novas indústrias e cooperativas para a exportação.”

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Arroz beneficiado

Gerente de Exportação da Abiarroz, Carolina Matos destaca as vendas externas de arroz beneficiado, de maior valor agregado. De acordo com ela, os embarques do produto atingiram 448,3 mil toneladas, o equivalente a US$ 153,7 milhões, de janeiro a outubro deste ano.

Os principais destinos do produto foram Espanha, Portugal, Arábia Saudita, EUA, Peru, Bolívia, Venezuela, Trinidad e Tobago, Angola e Curaçao.

Importações

No mês passado, as importações (base casca) totalizaram 96,1 mil toneladas, representando US$ 28,2 milhões. De janeiro a outubro, as compras brasileiras do cereal alcançaram 1 milhão de toneladas, o equivalente a US$ 294,2 milhões.

Por Abiarroz

AGRONEWS® é informação para quem produz

Siga o Agronews® nas redes sociais

Facebook AgronewsInstagram AgronewsTelegram AgronewsYoutube AgronewsWhatsapp Agronews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *