Frango: com alta dos insumos e queda do vivo, poder de compra recua

O poder de compra do avicultor paulista frente aos principais insumos utilizados na atividade de frango, milho e farelo de soja, recuou nesta parcial de janeiro

Dados do Cepea indicam que o poder de compra frente ao derivado da oleaginosa em SP é o menor desde março de 2021 e, em relação ao cereal, desde maio do ano passado.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

De acordo com pesquisadores do Cepea, este cenário está atrelado aos fortes avanços nas cotações dos insumos, enquanto os preços do frango vivo estão em queda. Quanto ao frango, a menor demanda pela carne de frango em janeiro fez com que frigoríficos reduzissem a procura pelo animal vivo, o que pressionou as cotações.

Fonte: Cepea

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.