Frango: competitividade da carne registra 2ª queda mensal

À medida que a carne de frango se valoriza de forma consistente no mercado doméstico – renovando, portanto, os preços recordes nominais –, a proteína perde competitividade frente às principais substitutas: a suína e a bovina

Este é o segundo mês consecutivo de perda de competitividade da carne avícola frente às concorrentes.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Considerando-se as médias da parcial de agosto (até o dia 18), o preço do frango inteiro registra a menor diferença em relação ao da carcaça bovina em oito meses. No caso da carcaça suína, trata-se da diferença mais estreita em dois anos.

Fonte: Cepea

AGRONEWS – Informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.