Goiás alcançará 32,1 milhões de toneladas de grãos na Safra

Conab mantém projeção de recorde na produção de grãos de Goiás. Soja, milho, sorgo, girassol, trigo e algodão são responsáveis pela perspectiva de crescimento de 11,6% em relação ao ciclo anterior

Goiás deve alcançar uma produção total de 32,1 milhões de toneladas de grãos no ciclo atual, crescimento de 11,6% em relação ao ciclo anterior (2021/2022), de acordo com dados do 2º Levantamento da Safra de Grãos, publicado nesta quarta-feira (9/11) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Estudo projeta estimativa de alta, na Safra 2022/2023, puxada pela produção de soja, milho, sorgo, girassol, trigo e algodão.

“Esta nova rodada de estimativas da Conab nos deixa bastante otimistas. O Estado segue com uma projeção de crescimento expressiva para a Safra 2022/2023, mantendo a expectativa de recorde de produção acima da marca de 32 milhões de toneladas”, ressalta o secretário estadual de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tiago Mendonça. “É o coroamento do grande trabalho que vem sendo feito pelo produtor rural goiano, com apoio das entidades do setor e do Governo de Goiás”, completa.

De acordo com a Conab, a maior alta percentual deve ser registrada na produção de girassol: 71,6%. As lavouras goianas entregaram 21,8 mil toneladas de grãos em 2021/2022. Agora, a estimativa é de 37,4 mil toneladas. O aumento de produtividade previsto é de 71,2%, um resultado surpreendente, segundo a Conab, uma vez que a área plantada deve permanecer estável em 26 mil hectares.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Em termos absolutos, no entanto, a maior contribuição vem do milho. O levantamento mostra que a produção goiana deve saltar de 9,7 milhões de toneladas (Safra 21/22) para 12,9 milhões (Safra 22/23), um saldo positivo de 3,2 milhões de toneladas (+33,3%). Mais uma vez, o diferencial vem do aumento de produtividade, estimado em 33,3%, chegando a 6,7 mil quilos por hectare. A área plantada deve se manter estável (1,9 milhão de hectares).

grãos
Goiás deve ter produção recorde com 32,1 milhões de toneladas de grãos, na Safra 2022/2023, um crescimento de 11,6% projetado pela Conab

No caso do sorgo, a estimativa é de aumento de 6,8%. Com o resultado, Goiás deve totalizar 1,1 milhão de toneladas de sorgo na Safra 22/23, mantendo a liderança do ranking nacional de maiores produtores. Para o trigo e o algodão, as projeções de crescimento são de 4,4% e 0,7%, respectivamente. As lavouras goianas devem entregar 135 mil toneladas do grão de trigo e 122,8 mil toneladas de algodão.

Já a soja segue como principal produto do agro no Estado. A estimativa da Conab para a produção do grão é alta de 0,2%, alcançando 17,4 milhões de toneladas. A área plantada com soja em território goiano deve chegar a 4,5 milhões de hectares (+3,2%), enquanto a produtividade deve ficar em 3,8 toneladas por hectare (-2,9%).

AGRONEWS® é informação para quem produz

Siga o Agronews® nas redes sociais

Facebook AgronewsInstagram AgronewsTelegram AgronewsYoutube AgronewsWhatsapp Agronews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *