Governador do Piauí relata dificuldades na compra da vacina contra febre aftosa

Há um esforço maior do Governo do Estado para adquirir vacinas contra a febre aftosa que estão em falta no mercado. Leia e entenda!

O governador do Piauí, Wellington Dias, reuniu-se, nesta sexta-feira (28) com a presidente da Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi), Alexsandra Carvalho, para tratar sobre a reestruturação física da agência, concurso público, plano de cargos e campanha de vacina contra a febre aftosa.

Dificuldade na vacinação dos bovinos

Segundo o Governador, há um esforço sendo feito no sentido de adquirir vacinas contra a febre aftosa que estão em falta no mercado. Apesar do Piauí já ter conseguido controlar a febre aftosa, a preocupação no entanto é de manter a vacinação dos bovinos, suínos e bubalinos. “Por causa da pouca produção de vacina contra a febre, estamos tendo dificuldades em encontrá-la para a compra, mas estamos unindo esforços para que seja possível, em breve, vacinar nossos animais. Alinhamos também com a Adapi estratégias nesse sentido”, garantiu Dias.

Logística de transporte

De acordo com a presidente da Adapi, foi tratado ainda sobre a parceria entre a agência e a Emater e renovação de frota de veículos. “Vamos fazer uma parceria com a Emater, na qual os órgãos atuam juntos em alguns municípios. Tratamos também sobre locação de veículos porque nossa frota é um pouco antiga para dar maior agilidade nas ações. O Governador se comprometeu ainda em ver a questão do concurso público para contratação de novos servidores e nosso plano de carreira”, afirmou Alexsandra Carvalho.

Governador do Piauí relata dificuldades na compra da vacina contra febre aftosa

Aumento de efetivo

Há um plano de investimento em curso para equipar e melhorar as unidades da Adapi no Estado. Estamos trabalhando as condições para incluir a Adapi nessa leva de vagas de concursos, ainda um número que ainda não é toda a demanda necessária, mas dando um passo a mais completando necessidades para a nossa agência. Vamos providenciar a regulamentação do plano de carreira que seja válido para todo o Estado”, disse o governador.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.