Mato GrossoNotícias

Governo de MT reforça combate a incêndios no Pantanal com duas aeronaves

Além do reforço aéreo, guarnições dos Bombeiros estão atuando em solo 24 horas para controlar o fogo.

Duas aeronaves modelo Air Tractor, contratadas pela Secretaria Adjunta de Defesa e Proteção Civil com recursos do Governo de Mato Grosso, estão operando no combate aos incêndios que permanecem ativos no km 103 da Transpantaneira, em Poconé (a 104 Km de Cuiabá). O fogo teve início no final da tarde de sexta (27) e a guarnições do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso (CBMMT) estão trabalhando 24 horas para controlar as chamas.

Uma pista de pouso foi improvisada próximo ao local dos incêndios. A fonte d’água para encher os 1.800 litros de cada aeronave vem do Rio Pixaim. Desde o início do combate, os pilotos já realizaram mais de 10 horas de voo com 35 lançamentos. Cerca de 63 mil litros d’água foram jogados nos locais estratégicos para diminuir a velocidade das chamas que se espalham. Duas guarnições estão empenhadas para controlar o fogo em duas linhas, uma no Km 60 e outra no Km 100 da Transpantaneira. O CBM conta com sete viaturas (caminhonetes) que transportam os militares até o local onde é possível acesso com carro.

Outra força para auxiliar no trabalho foi enviada pela Secretaria estadual de Meio Ambiente (Sema) e deve chegar a qualquer momento no Pantanal, com maquinários (tratores, uma pá carregadeira e dois esteiras) que serão utilizados pelos militares para produção de faixas de aceiros. O trabalho, porém, já está sendo realizado com maquinas cedidas pelos proprietários rurais que atuam na força-tarefa auxiliando no combate ao fogo.

O combate aos incêndios nesta região é extremamente difícil, com poucos acessos pela estrada, além do enorme volume de vegetação seca em uma área com muitos brejos. Por isso, um quadriciclo está sendo usado para levar os militares nesses pontos mais isolados. O vento forte também dificulta o trabalho.

Nesta ação, o CBM conta com apoio Secretaria de Meio Ambiente, de brigadistas do SOS Pantanal e caminhão-pipa enviados pela empresa Águas Cuiabá, além dos pantaneiros que somam esforços para apagar o fogo.

Fonte: SECOM-MT

AGRONEWS® – Informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados