Mato Grosso abateu 454,67 mil cabeças de bovinos em agosto

Mato Grosso abateu 454,67 mil cabeças de bovinos em agosto de 2022, contudo, a utilização frigorífica real, operacional e total recuaram no estado

Por Daniele Balieiro/AGRONEWS® com informações do Imea

Em agosto, a utilização real (informada pelos frigoríficos) registrou recuo de 3,04 p.p ante a julho e o indicador fechou em 82,67%. Mesmo com o alto volume de abates no estado, o maior número de dias úteis ante o mês passado fez com que houvesse uma maior distribuição dos lotes de bovinos.

Nesta linha, a utilização total (registrada pelo MAPA e Indea) também recuou, mas cerca de 2,00 p.p no período e ficou em 51,18%. Já a utilização operacional foi a que apresentou uma maior redução, de 8,94
p.p. ante julho, e fechou na média de 60,60% – resultado puxado pela região noroeste devido ao fechamento de uma planta frigorífica.

De modo geral, para o setembro, espera-se menor oferta de animais terminados diante da seca e, com isso, os abates totais tendem a diminuir, influenciando na ociosidade industrial de Mato Grosso.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Mercado Financeiro

bovino
  • Queda: a arroba do boi gordo seguiu com leve queda de 0,18% ante a semana passada e registrou a média de R$ 262,45. Esse cenário foi reflexo da boa oferta e fraca demanda interna;
  • Lado a lado: a arroba da vaca gorda apresentou desvalorização de 0,26% no comparativo semanal e fechou a semana na média de R$ 247,99 no estado;
  • Caiu: os contratos com vencimento para outubro sofreram reajuste negativo de 0,89% ante a semana passada e, com isso, foram negociados na média de R$ 308,62/@ em Mato Grosso.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.