Milho: o preço avançou em Mato Grosso

Segundo a Conab, a semeadura do milho primeira safra 2022/23 no Brasil se encontra em 19,30% das áreas cultivadas até dia 26/09, avanço semanal de 6,50 p.p.

O início dos trabalhos se deu somente na região Sul do país e a produção aguardada para a região
apresentou aumento de 53,34% em relação à safra 2021/22, ficando estimada em 12,33 milhões de
toneladas, o que representa 42,55% da produção total para o milho primeira safra brasileira.

Diante desse cenário, os olhares se voltam para as condições climáticas na região, que segundo o
NOAA, é esperado um volume de chuva significativo para as próximas semanas. Esse quadro, pode auxiliar no desenvolvimento inicial das lavouras.

Com isso, a expectativa da Conab é de que o Brasil colha 28,98 milhões de toneladas, na primeira safra,
volume 16,02% acima do observado na safra 2021/22. Cenário que também está auxiliando na perspectiva de redução das importações brasileiras em 400 mil toneladas para o próximo ciclo.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Mercado Financeiro

  • Milho Chicago: as cotações no mercado internacional fecharam a semana com queda de 2,03%, devido à aversão ao risco pelos agentes de mercado;
  • Preço em Mato Grosso: o preço do milho em MT avançou 2,29%, em relação a semana anterior ficando cotado a R$ 65,62/sc, em função da demanda para às exportação;
  • Dólar: a moeda ficou cotada a R$ 5,39/US$, alta de 3,97% no comparativo semanal. O avanço é pautado no aumento das tensões entre a Ucrânia e a Rússia.

AGRONEWS® é informação para quem produz

Siga o Agronews® nas redes sociais

Facebook AgronewsInstagram AgronewsTelegram AgronewsYoutube AgronewsWhatsapp Agronews

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *