Preços dos alimentos podem subir até 20% devido guerra, diz FAO

Agência das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação vê risco de aumento da desnutrição no mundo como um dos possíveis desdobramentos da guerra Rússia x Ucrânia

Os preços de alimentos e de matérias-primas para rações podem subir entre 8% e 20% como resultado da guerra na Ucrânia, aumentando o número de pessoas desnutridas em todo o mundo, alertou na sexta-feira (11/3) a agência das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO).

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Em uma avaliação preliminar sobre os desdobramentos do conflito, a FAO disse que não estava claro se a Ucrânia terá condições de colher suas safras caso a guerra se estenda e que há também incertezas sobre os embarques russos de alimentos.

A agência lembrou que a Rússia é o maior exportador mundial de trigo, enquanto a Ucrânia ocupou a quinta posição na última safra. Juntos, os dois países respondem por 19% da oferta mundial de cevada, 14% do trigo e 4% do milho, somando mais de um terço das exportações globais de cereais.

Fonte: Valor Econômico

AGRONEWS® é informação para quem produz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.